João Pessoa, 12 de fevereiro de 2024 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Ana Karla Lucena  é bacharela em Direito pela Universidade Estadual da Paraíba. Servidora Pública no Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba. Mãe. Mulher. Observadora da vida.

A Vida é um Carnaval

Comentários: 0
publicado em 12/02/2024 às 07h00
atualizado em 11/02/2024 às 19h33

A vida é um Carnaval e nós somos eternos foliões. O tempo todo fantasiados de acordo com nossas idealizações de felicidade e perfeição. Às vezes soltamos gritos de alegria, às vezes de dor. Uma hora estamos na avenida, outra hora, na janela, apenas a observar a overdose de cores, sons e emoções alheios.

Nesse eterno reinado de Momo, quem governa os acontecimentos? Os amores, as desilusões, a solidão… quem diz quando as luzes devem se apagar e a música parar? É tudo aleatório ou o percurso já está traçado na avenida? Seguimos orientados pelas cordas de contenção? Todos usando sua máscara e fantasia, pulando no mesmo ritmo frenético. Alguns perto do palco, outros tentando ver um pouco da festa, lá de traz, no meio da multidão.

A vida é um Carnaval e às vezes as máscaras caem. Nem sempre a expressão por detrás dela condiz com o acessório. Geralmente as máscaras caem quando a música acaba, e a porta se fecha atrás de nós. Mas, no outro dia, recomeçamos a festa. Recompomos nossas fantasias, nossas máscaras, nossa “alegria”.

É um espetáculo sem fim. Festejamos ainda que quebrados porque tudo passa. Tudo passa menos nossas fantasias, nossas idealizações, nossa fome de felicidade. Esse entorpecimento que nos faz esquecer a realidade. Como a Colombina que brinca com o Pierrot, mas sempre na esperança de reencontrar o Arlequim.

* Os textos dos colunistas e blogueiros não refletem, necessariamente, a opinião do Portal MaisPB