João Pessoa, 28 de abril de 2012 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
RECORDE

Nadador brasileiro crava índice olímpico nos 100 m costa

Comentários:
publicado em 28/04/2012 às 19h06
A- A+

O nadador Daniel Orzechowski foi o grande destaque das eliminatórias da manhã deste sábado do Troféu Maria Lenk, que está sendo realizado no Rio de Janeiro. O nadador do Pinheiros foi o mais rápido nas eliminatórias dos 100 m costa e garantiu o índice olímpico para os Jogos de Londres 2012, ao cravar o tempo de 54s20. O tempo mínimo exigido pela CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos) nos 100 m costa é de 54s40.

Além de Orzechowski, quem também alcançou o índice para os Jogos Olímpicos foi Thiago Pereira, do Corinthians, o segundo mais rapido do dia, com 54s25. Por enquanto, Orzechowski e Pereira serão os dois representantes do Brasil nesta prova, desde que nenhum nadador faça tempos melhores na final da prova, que será realizada ainda neste sábado, a partir das 19h (horário de Brasília).

“A final dos 50m já tinha sido legal e eu vim com o espírito bom para essa prova dos 100m. Treinei muito e estava confiante. Olho para o placar e ainda não consigo acreditar. Estou feliz e espero que esse tempo seja suficiente para representar o Brasil em Londres”, disse o catarinense Orzechowski, que tem 26 anos e compete pelo Pinheiros desde 2010.

Ainda não foi desta vez que a nadadora Fabíola Molina conseguiu assegura sua participação na terceira Olimpíada de sua carreira. Neste sábado, ela venceu as eliminatórias dos 100 m costa, pelo Troféu Maria Lenk, mas não conseguiu cravar o tempo que lhe daria vaga nos Jogos de Londres, ficando a apenas 18 centésimos acima do índice exigido pela CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos).

A atleta do Minas Tênis completou a prova em 1min01s00, enquanto que o índice para garantir vaga olímpica é de 1min00s82. Molina deixou para trás a francesa Laure Manaudou, do Pinheiros, que ficou com o segundo melhor tempo das eliminatórias, com 1min01s55. À noite, Fabíola Molina terá mais uma oportunidade de assegurar sua presença em Londres, disputando a final dos 100 m costa.

Se ainda assim não conseguir o índice, haverá uma última chance, na disputa da Tentativa de Índice, que também acontecerá no Parque Aquático Maria Lenk (RJ), na próxima semana. Esta competição reunirá apenas nadadores de provas que não tiverem alcançado o limite de dois atletas classificados em cada uma delas.

IG

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!