João Pessoa, 30 de abril de 2012 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
DIA DE FÚRIA

Pensando ter flagrado esposa com amante, vereador destrói carro e é preso

Comentários:
publicado em 30/04/2012 às 10h07
A- A+

O vereador Rodrigo Pinto (PMDB), 33, deu murros e pedradas para destruir os vidros de um Honda Civic de propriedade do filho do vereador Juracy Nogueira (PP), presidente da Câmara Municipal de Rio Branco (AC), no estacionamento da Maternidade Bárbara Heliodora, no centro da cidade.

Rodrigo Pinto suspeitava que a mulher dele estivesse no interior do carro com um amante, mas o dono do carro estava com a esposa na maternidade

Filho do ex-governador Edmundo Pinto, Rodrigo tinha 12 anos quando o pai foi assassinado por três homens, na madrugada de 17 de maio de 1992, dentro do apartamento 707 do Della Volpe Garden Hotel, em São Paulo.

A fúria do vereador na tarde de domingo (29) foi fotografada e filmada por populares, que chamaram a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros. Um vídeo está disponível na web. O vereador já havia causado perplexidade ao publicar pela manhã cinco comentários muito ofensivos no perfil dele no Facebook.

Os policiais tiveram que usar a força para controlar Pinto, que é lutador de jiu-jitsu. Após ser algemado, o vereador continuou insistindo que a mulher estava no porta-malas do carro, mas o mesmo estava vazio quando foi aberto pelos Bombeiros.

Quando prestava depoimento numa delegacia, o vereador pediu para ir ao banheiro e teria voltado a demonstrar fúria. Danificou a porta do banheiro, ficou ferido e foi levado para o Pronto Socorro, onde foi sedado.

O presidente da Câmara Municipal de Rio Branco, Juracy Nogueira (PP), anunciou que ele e o filho já decidiram que não vão formalizar queixa contra Pinto.
 

Terra

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!