João Pessoa, 03 de maio de 2012 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
FOGO AMIGO

CRISE:‘Aliado’ pede imediata retirada de correligionário da disputa pela PMJP

Comentários:
publicado em 03/05/2012 às 12h00
A- A+

Ainda faltam quase dois meses para o fim do prazo das convenções que oficializarão as candidaturas dos políticos que representarão seus partidos na disputa pela prefeitura de João Pessoa. Até lá, o atual cenário político mostra que divergências serão levantadas nos próprios partidos e brigas entre correligionário não faltarão, a exemplo dos últimos acontecimentos no PT e PSB. A crise interna que se anuncia agora é dentro do PSC, que tem como pré-candidato, o cardiologista Ítalo Kumamoto.

Apesar de sua postulação ter sido consagrada pelo partido, há membro que não a aprova: o ex-deputado Neto Franca (PSC), que já não esconde o descontentamento com a indicação do companheiro e abertamente defende a imediata retirada da candidatura.

Vale lembrar que Neto Franca levou seu nome junto aos dirigentes da legenda como opção para postular na disputa pela administração da Capital até os últimos instantes em que ficou decidido que Ítalo Kumamoto seria o pré-candidato da sigla.

A bandeira levantada pelo ex-parlamentar pela candidatura própria no partido, ao que parece, ficou no passado. Em entrevista ao MaisPB, ele cobrou que o PSC abandone a intenção de encabeçar chapa nas próximas eleições, para lutar por uma vice em outro partido.

Neto Franca (para justificar sua defesa para retirada da pré-candidatura do PSC) recriminou a atuação política de Kumamoto, pois, segundo afirma, pouco está se dedicando à disputa:  "Ele Não tem tido tempo para se comportar como candidato. O partido não pode ficar a reboque disso".

MaisPB
 

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!