João Pessoa, 26 de setembro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
etapa joão pessoa

Competição de resistência encerra Copa Brasil de Paraciclismo

Comentários:
publicado em 26/09/2021 às 15h52
A- A+

A competição de resistência encerrou na manhã deste domingo (26) a etapa de João Pessoa da Copa Brasil de Paraciclismo, competição que é realizada pela primeira vez na Capital paraibana, da qual participaram atletas de vários estados brasileiros. O prefeito Cícero Lucena e a primeira-dama, Lauremília Lucena, acompanharam o evento. Ele salientou o apoio da Prefeitura, através da Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação (Sejer), para que a cidade seja a capital da prática do esporte saudável e com inclusão.

“É algo que nos deixa feliz e com a certeza de que estamos no caminho certo em estimular o esporte em todas as categorias. Esse evento não é apenas um evento de paraciclismo, é um exemplo de vida, um ensinamento para todos nós, para compreender o quanto podemos vencer os desafios”, afirmou o prefeito.

Cícero Lucena falou sobre outras iniciativas que devem fazer de João Pessoa uma cidade de referência para o esporte. “Estamos nos preparando para a meia maratona, que vai ser no dia 31 de outubro, para que a gente possa coroar a 19ª Meia Maratona e a primeira maratona internacional na cidade, que já tem as inscrições esgotadas. Tudo isso é motivo de alegria para transforma João Pessoa na cidade da prática do esporte saudável. Queremos esportes praticados por todos”, ressaltou o prefeito, que ao final da competição entregou medalhas aos vencedores.

Para o secretário da Sejer, Kaio Márcio, o pioneirismo em trazer o evento paralímpico para a cidade é um mérito que, sem dúvidas, marcará João Pessoa. “Foi muito importante trazermos essa etapa de paraciclismo, que nunca houve em João Pessoa. São mais de 80 atletas e muitos vieram das competições de Tóquio. Então é uma competição de altíssimo nível. Fico feliz em ver a aceitação da cidade, dos atletas, dessa parceria com a Confederação. Isso fortalece nossa convicção de que sediamos o evento certo, de que temos muito potencial”, disse.

Emoção – Jéssica Messali foi a vencedora neste domingo na categoria H3 Feminino (com função parcial do tronco). Ela participou das Paralimpíadas de Tóquio no paratriatlon e estava muito feliz com o resultado obtido nesta etapa da Copa Brasil de Paraciclismo. “Primeiramente queria parabenizar o município de João Pessoa. Foi uma prova sensacional, organização impecável, a receptividade do povo muito boa. Estou muito feliz e desejo estar aqui no próximo ano competindo com essa turma maravilhosa, nessa cidade maravilhosa”, disse.

O atleta paralímpico, Ulisses Freitas, representante do estado de Sergipe, estava há dois anos e meio afastado das competições e voltou com muita garra, levando o primeiro lugar na categoria H4 Masculino (paraplégicos com moderada limitação). “Estar aqui é um presente e ontem não tive como segurar as lágrimas. Ganhei a medalha de ouro e essa etapa em João Pessoa faz parte da minha história”, afirmou Ulisses, que também participou neste domingo na prova de resistência.

Profissionalismo – Já o coordenador técnico da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), Rômulo Lazzaretti, elogiou a parceria com a Prefeitura de João Pessoa e a receptividade do público da Capital para eventos que ainda precisam ter visibilidade. “Este apoio foi essencial. Esta cidade recebeu o primeiro evento de paraciclismo de uma forma muito profissional e técnica. Somos muito gratos pelo carinho e profissionalismo com os quais a Prefeitura abraçou o evento”, afirmou.

MaisPB

MaisTV

Governador entrega mais de 100 ônibus para transporte escolar

EDUCAÇÃO - 01/07/2022

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas