João Pessoa, 22 de outubro de 2012 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
CAIXA PRETA ABERTA

Vereador eleito decide abrir o verbo e expor problemas com Sérgio da Sac

Comentários:
publicado em 22/10/2012 às 14h50
A- A+

O vereador eleito em João Pessoa, Marmuthe Cavalcanti (PT do B) não poupou críticas ao seu companheiro de coligação Sérgio da Sac (PSL) devido às discordâncias durante o pleito eleitoral. Sem receio algum, Cavalcanti disse que presidente municipal do PSL colocou os planos da coligação em eleger parlamentar "em risco".

De acordo com Marmuthe, Sérgio da Sac demonstrou ser uma pessoa de difícil diálogo e sempre agindo de forma ácida com os companheiros, mas que no fim “provou do próprio veneno”, pois conseguiu uma votação baixa.

Marmuthe explicou que Sérgio da Sac – por “birra” – preferiu registrar  candidatos do PSL, que tinham obtido em eleições passadas entre 30 e 40 votos, quando outros do PT do B com capacidade para conseguir 500 votos ficaram de fora da disputa eleitoral.

Marmuthe disse ainda que Sérgio da Sac corre o risco de cair quando forem computados os votos de candidatos de outras legendas que estão sub judice, a exemplo de Marconi Paiva (PMDB).

“Quando forem computados os votos das candidaturas sub judice, vai cair um ou dois na dança das cadeiras. A arrogância e a truculência fez com que ele caísse, pois ele só foi eleito por causa do nosso partido”, afirmou o parlamentar eleito ao revelar que o PSL de Sérgio da Sac só obteve 5 mil votos durante a eleição, muito distante do coeficiente eleitoral que ficou acima de 13 mil votos, enquanto o PT do B conseguiu somar 26.300.

Roberto Targino – MaisPB
 

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!