João Pessoa, 20 de fevereiro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
em Brasília

Ruy e Romero buscam equipamento para Hospital Laureano

Comentários:
publicado em 20/02/2021 às 12h06
atualizado em 20/02/2021 às 09h08
A- A+

O deputado federal Ruy Carneiro e o ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, somaram esforços para tentar conseguir com o presidente da República, Jair Bolsonaro, a liberação de R$ 10 milhões para a aquisição de um acelerador linear para a unidade de saúde, que é fundamental no tratamento de câncer por meio da radioterapia, para o Hospital Napoleão Laureano, em João Pessoa. O presidente assumiu o compromisso de recebê-los em audiência, em Brasília, nos próximos dias.

“O Laureano é um hospital de referência na luta contra o câncer e precisa urgentemente de um acelerador linear. Os três que tem hoje estão velhos e dois deles já não terão peças de reposição a partir do final deste ano”, explicou Ruy, acrescentando: “Romero encampou esta luta desde o primeiro momento e tratou do assunto pessoalmente com o presidente Bolsonaro, durante sua passagem por Campina Grande, nesta sexta-feira (19). Agora, vamos juntos a Brasília dar seguimento a essa luta tão importante para milhares de famílias paraibanas”.

O Hospital Laureano, segundo Ruy, vem recebendo recursos de emendas parlamentares para a manutenção de suas atividades, mas faltam ainda os recursos para investir no novo equipamento de radioterapia. Em função disso, na quarta-feira (17), Ruy solicitou formalmente a audiência para ele e Romero Rodrigues com o presidente da República.

O Laureano é responsável por 74% dos tratamentos de câncer na Paraíba, dos quais 94% por meio do SUS, conforme ofício do presidente do hospital, Antonio Carneiro Arnaud, entregue a Bolsonaro por Romero Rodrigues. Em 2020, foram 8,4 mil novos casos diagnosticados na Paraíba, dos quais 6,2 mil são atendidos no Laureano.

“E deste número total, são 3,8 mil pessoas que dependem do acelerador linear, um equipamento que é mais preciso e eficiente no tratamento do câncer”, ressalta Ruy. “Por isso precisamos cada vez mais somar esforços para apoiar o hospital”, justifica.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!