João Pessoa, 26 de janeiro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
covid-19

TCU vê como ilegal uso de dinheiro para cloroquina

Comentários:
publicado em 26/01/2021 às 17h39
atualizado em 26/01/2021 às 15h11
A- A+
Foto: Agência Brasil

O Tribunal de Contas da União (TCU) apontou ilegalidade no uso de verba pública do Sistema Único de Saúde (SUS) para o fornecimento de cloroquina no tratamento de pacientes com Covid-19. O Ministério da Saúde terá cinco dias para presentar explicações.

Em despacho, o ministro Benjamin Zymler declarou que o fornecimento do medicamento para tratamento não tem comprovação científica e que o remédio — utilizado no tratamento da malária — só poderia ser fornecido pelo SUS para uso contra a Covid-19 se houvesse autorização da Anvisa ou de autoridades sanitárias estrangeiras, o que não ocorreu.

O TCU também pediu explicações sobre o aplicativo TrateCOV, que foi retirado do ar na quinta-feira (21). O sistema recomendava o “tratamento precoce” a pacientes com sintomas que podem ou não ser da Covid-19. O “tratamento” indicado incluía medicamentos que, segundo demonstraram diferentes estudos, não funcionam contra a doença, como a cloroquina, a hidroxicloroquina e a azitromicina.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!