João Pessoa, 25 de janeiro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Ex-deputado federal, empresário e escritor. E-mail: chicoevangelista@globo.com

A Aritmética da Vacina

Comentários:
publicado em 25/01/2021 às 09h28
A- A+

Segundo informações da imprensa e de outras fontes, o estado da Paraíba recebeu 114 mil doses da vacina CoronaVac no dia 19 e 36 mil doses da Oxford no dia 23 do corrente, perfazendo um total de 150 mil doses.

O secretário da saúde, Geraldo Medeiros, já afirmou na imprensa local que são 126 mil profissionais da saúde em todo o estado. Afirma ainda o secretário, que as 36 mil doses não são suficientes para os profissionais da saúde que tem contatos com a zona do COVID, isto é, diretamente nas UTIs, enfermarias, nas UPAs – COVID e no SAMU.

Vejam bem a aritmética das vacinas na Paraíba que já recebeu 150 mil doses para atender um universo de 126 mil profissionais da saúde, assim se conclui que estão restando 24 mil doses para aplicação nos idosos dos asilos e os demais idosos acima de 75 anos, conforme protocolo do Ministério da Saúde.

Assim, se pergunta quando será a vez dos idosos acima de 75/80/90 etc., pois é público dentro da medicina e entre nós leigos que são os pacientes de maiores riscos o que tem se comprovado com a quantidade de mortes.

A minha formação e minha longa estória de vida não me permite tentar furar fila como é comum nos países onde a corrupção e a má educação campeiam. Enfim, “os governos têm a obrigação de cuidar de suas crianças, velhos e doentes e que saiba dar trabalhos aos sadios, se isso não fizer não será capaz nem digno de perdurar”, disse Franklin D Roosevelt, presidente 4 vezes dos Estados Unidos da América.

Nós, os idosos da terceira e última idade, solicitamos URGENTE um posicionamento dos representantes do Estado.

Palavra facultada!

* Os textos dos colunistas e blogueiros não refletem, necessariamente, a opinião do Portal MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!