João Pessoa, 10 de janeiro de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
ESPORTE

Unifacisa perde para o Bauru e fica de fora da Copa Super 8 de basquete

Comentários:
publicado em 10/01/2021 às 08h28
A- A+

O basquete Unifacisa entrou em quadra na tarde deste sábado, 09, às 16h, no Ginásio Antonio Prado Jr, em São Paulo, em busca de manter viva as suas chances de se classificar para a Copa Super 8. Para isso, a equipe paraibana precisaria vencer os dois jogos restantes neste fim de primeiro turno, mas acabou sofrendo uma derrota neste jogo contra o Bauru, pelo placar de 89 a 75.

Os destaques da partida ficaram por conta do dominicano Nehemias Morillo, que anotou 17 pontos, 5 rebotes e 4 assistências. O pivô Leozão, que marcou 14 pontos e 4 rebotes. Betinho com 11 pontos, 6 rebotes e 4 assistências, além de Gemadinha, que marcou 11 pontos, 1 rebote e 2 assistências.

A Unifacisa finaliza o primeiro turno na próxima segunda-feira, 11, onde enfrenta o Paulistano, às 17h, no Ginásio Antonio Prado Jr, com transmissão pela TV Itararé e Youtube do basquete Unifacisa. Com o fim do primeiro turno o NBB entrará em um recesso de 12 dias, período que acontecerá a Copa Super 8.

Os times começaram com um ritmo muito intenso ofensivamente, com destaque para o duelo entre Betinho e Lary Taylor, do Bauru, nos minutos iniciais da partida. As equipes optaram por pontuar nas jogadas de transição, definindo seus ataques rapidamente, com as defesas sem encontrar muitas respostas para parar as jogadas ofensivas. Nas bolas do perímetro ficou tudo igual, com duas cestas de 3 pontos para cada lado, mas apesar do equilíbrio durante o período, o Bauru teve uma leve vantagem nos arremessos de 2 pontos, com 71% de aproveitamento contra 65% da Unifacisa, terminando o primeiro quarto na frente por 27 a 18.

No segundo período, o basquete Unifacisa encontrou o seu caminho para a cesta explorando muito as jogadas dentro do garrafão através do seu pivô, Leozão, que fez um primeiro tempo brilhante, marcando 13 pontos e lavando bastante vantagem de baixo da cesta. Além disso, o aproveitamento nos arremessos de quadra subiu bastante, chegando a 81%, porém sem conseguir encontrar uma forma efetiva de parar o ataque adversário, a Unifacisa não conseguiu encostar de vez no placar, indo para o vestiário tendo que buscar uma diferença de 10 pontos.

A Unifacisa que entrou em quadra sem importantes jogadores na tarde deste sábado. Nate Barnes não jogou devido a motivos familiares, mas já estará de volta para o jogo contra o Paulistano, na próxima segunda-feira, 11. Já o argentino Fábian Sadhi, testou positivo para covid-19 após realizar os exames de rotina chegando em Campina Grande, o atleta se encontra assintomático e foi imediatamente afastado do grupo e posto em isolamento para cumprir a quarentena. Após Sadhi testar positivo, todo o elenco e comissão técnica da Unifacisa foram retestados duas vezes, uma na última quinta-feira, na Unifacisa, e novamente neste sábado, como procedimento padrão da liga. Todos os resultados foram negativos.

Na volta do vestiário a Unifacisa precisava reagir e buscar a virada no placar, isso porque uma derrota significaria ficar fora da Copa Super 8, o torneio em formato de mata-mata que reúne os 8 melhores do primeiro turno do NBB. No terceiro período a Unifacisa conseguiu colocar uma defesa mais coesa e eficiente dentro de quadra, segurando o ataque do Bauru em 17 pontos, vencendo o terceiro quarto.

O basquete Unifacisa chegou muito perto de conquistar a virada para se manter vivo na disputa por uma vaga no Super. Gemadinha entrou muito bem saindo do banco, convertendo 100% dos seus arremessos de 2 pontos e convertendo um chute muito importante do perímetro para que a reação da Unifacisa fosse possível. Contudo, o ataque do time de Campina Grande sofreu uma baixa no aproveitamento em seus arremessos de quadra no último período e não conseguiu solidificar sua reação, perdendo a partida por 89 a 75 e ficando de fora da Copa Super 8.

“Nós estamos trabalhando muito na nossa defesa desde a chegada do Cesinha, trabalhamos diariamente esse aspecto e nós temos melhorado bastante, mas hoje durante o primeiro tempo, a nossa defesa não se encontrou. No segundo tempo apresentamos uma melhora, mas não foi o suficiente. Agora temos que continuar trabalhando, sempre com a cabeça erguida, o campeonato é muito longo, mas em cada jogo nós vamos buscar honrar a camisa da Unifacisa e todos os campinenses”, comentou Leozão.

Nova diretoria da LNB – ciclo 2020/2021

A nova presidência da Liga Nacional de Basquete (LNB), formada pelo presidente Delano Franco e o vice Carlos Donzelli, anunciou, nesta semana, os membros da diretoria normativa que farão parte do ciclo 2021 – 2022.

Ao todo, 22 colaboradores foram nomeados para fazerem parte da diretoria, que inclui as seguintes áreas de atuação: Conselho da Presidência, Conselho Fiscal, Ouvidoria e a Vice-Presidência.

O diretor do Basquete Unifacisa, Diego Gadelha, foi nomeado vice-presidente de Saúde da LNB.

Diego Gadelha é médico formado pela Universidade Federal da Paraíba, Especialista em Oftalmologia. Tem Mestrado e Doutorado em Cirurgia pela Universidade Federal de Pernambuco e Pós-doutorado em Oftalmologia pela Universidade Federal de Minas Gerais. Foi “visiting fellowship” do departamento de Oftalmologia da Harvard Medical School. Atualmente está cursando Master of Science em Empreendedorismo no Babson College (EUA). Diego é professor da faculdade de Medicina, diretor da área de saúde e membro do conselho do Centro Universitário Unifacisa em Campina Grande-PB. É membro fundador e presidente do Basquete Unifacisa.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!