João Pessoa, 23 de maio de 2020 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
MINISTERIAL

Luíza Mel pede saída de Salles após fala de ministro de reunião de Bolsonaro

Comentários:
publicado em 23/05/2020 às 14h56
A- A+

A ativista, atriz e apresentadora, Luísa Mell, se revoltou contra fala do ministro do meio ambiente, Ricardo Salles, em vídeo liberado ontem pelo Supremo Tribunal Federal (STF) de uma reunião ministerial de 22 de abril e sugeriu a saída dele da pasta.

Em um dos trechos da gravação, Salles recomendou aproveitar o foco da imprensa na pandemia do coronavírus para “passar a boiada” e aprovar novas normas ambientais.

“Há um ano, quando eu comecei a denunciar a política ambiental de Salles, fui xingada por muitos”, disse a ativista. “Confesso que me exaltei algumas vezes. Mas como me acalmar perante o risco iminente em que ele nos coloca?”, disse Luiza no Instagram.

De acordo com ela, faltou escrúpulos ao ministro aoponto de aproveitar uma pandemia mundial e a morte de milhares de brasileiros para “destruir e roubar nossa Amazônia”.

“Aproveitou que a população está lutando para sobreviver para aprovar regras que favorecem grandes empresários e coloca em risco o abastecimento de água em São Paulo, ao dar aval para a destruição da Mata Atlântica!”, acusou.

De acordo com Luiza, hoje se bate recorde de desmatamento em plena campanha de isolamento social por causa da pandemia.

“E isso é plano de governo! Seguimos rumo a uma tragédia ambiental. As queimadas ano passado deixaram nosso céu preto. O dia virou noite. E foi só um aviso do que vem por aí. Temos que pará-lo, antes que seja tarde demais”, afirmou.

MaisPB

error: Alerta: Conteúdo Protegido !!