João Pessoa, 05 de julho de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
NESTA SEGUNDA

Nomeados no MPPB devem fazer inspeção

Comentários:
publicado em 05/07/2019 às 16h11
atualizado em 05/07/2019 às 16h12

A inspeção médica dos candidatos nomeados para o preenchimento das últimas 44 vagas em nove tipos de cargos do Ministério Público da Paraíba (MPPB) devem fazer a inspeção médica, a partir da próxima segunda-feira (08/07). Em caso de desistências ou de não atendimento dos requisitos para a posse no cargo, novos candidatos serão convocados. Quatro nomeações foram tornadas sem efeito e novos classificados estão sendo nomeados.

A inspeção médica segue até a sexta-feira (12/07) e o agendamento está sendo feito pelo Departamento de Recursos Humanos (DRH) do MPPB. Os candidatos deverão apresentar os seguintes resultados de exames: eletrocardiograma (no máximo três meses anteriores à data do exame no MP), TGO e TGP, creatinina, VDRL, glicemia, atestado de saúde mental emitido por médico clínico inscrito no CRM, sumário de urina, colesterol e triglicerídios, raio-X do tórax. Será seguido o agendamento prévio.

No mesmo período, os aprovados também devem apresentar no DRH uma série de documentos para serem empossados nos cargos (a lista está disponível AQUI clicando no item ‘documentação e formulários). A posse está programada para o dia 22 de julho, seguida do curso de formação para o efetivo exercício dos novos servidores nas funções para as quais foram aprovados.

Antecipação

O prazo final para o chamamento dos concursados só termina em dezembro, mas a expectativa é que todas as vagas já sejam preenchidas, nos próximos dias. As nomeações para o preenchimento das últimas vagas foram publicadas no Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público da Paraíba, do último dia 28. A administração antecipou o cronograma previsto em acordo firmado pelo MPPB com o Conselho Nacional do Ministério Público e o Tribunal de Contas do Estado para atender as necessidades decorrentes, principalmente, da recente reorganização dos quadros de servidores e de membros.

Do concurso realizado em 2015, foram nomeados um total de 118 servidores (treze a mais do que o número de vagas ofertadas, devido à necessidade de preenchimento de cargos criados por lei e de aposentadoria), sendo 86 nomeações feitas nos últimos dois anos. Antes da distribuição dos novos servidores, a PGJ abre concursos de remoção interna, possibilitado que servidores que já estão na instituição há mais tempo possam optar por uma nova lotação, como é garantido pelo Plano de Cargos, Carreira e Remuneração da categoria.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também