João Pessoa, 21 de agosto de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
CAMPINA GRANDE

Procon apura cartel de postos de combustíveis

Comentários:
publicado em 21/08/2018 às 09h49
atualizado em 21/08/2018 às 09h51
A- A+

“Dos 52 postos de combustíveis visitados pelo Procon de Campina Grande, para a coleta mensal de preços, foi observado por nossos fiscais uma ligeira uniformidade nos valores praticados para as gasolinas comum e aditivada, assim como para o diesel. Isso, ligado às inúmeras denúncias que o órgão tem recebido nos últimos dias, nos levou a abrir uma investigação sobre a existência de formação de cartel entre postos de combustíveis no município”, declarou Rivaldo Rodrigues, coordenador executivo do Procon campinense.

A pesquisa, realizada nos dias 16 e 17 deste mês, em 52 estabelecimentos, considerou os preços da gasolina comum, da gasolina aditivada, do etanol, diesel, diesel s10 e do gás natural veicular (GNV). Em Campina Grande, o valor da gasolina comum chegou ao preço médio de R$ 4,55 o litro, enquanto que o etanol apresentou uma média de R$ 3,38 e o diesel R$ 3,30.

Com relação ao valor encontrado para cada produto, Rivaldo Rodrigues explicou que não foram observadas irregularidades. “Os preços praticados refletem o que foi repassado às distribuidoras pela Petrobras. Além disso, apesar dos altos valores, comparando com a média do último mês, vê-se uma tendência à estabilização nos preços dos combustíveis na cidade”, esclareceu.

Ainda sobre a denúncia de cartelização, o Procon está em processo de investigação nos postos da cidade. Além da similaridade de preços praticados, entre os estabelecimentos, é preciso confirmar se houve uma negociação prévia de ajuste entre os proprietários dos postos para fixar a margem de preços. Segundo Rivaldo, até o final desta semana o órgão terá uma conclusão sobre o processo investigativo.

A pesquisa de preços para o mês de agosto já está disponível no site do Procon. Ao acessar o link http://procon.campinagrande.pb.gov.br/category/pesquisa-de-preco/ o consumidor campinense terá acesso a todos os preços praticados nos 52 postos da cidade. O consumidor poderá ainda observar a variação entre o maior e menor preço de cada produto e verificar o endereço dos postos com valores mais atrativos, uma informação muito útil na hora de abastecer o veículo.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também