João Pessoa, 23 de novembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
RÁDIO VERDADE

Kakay critica “espetacularização” da Lava Jato

Comentários:
publicado em 23/11/2017 às 14h55
atualizado em 23/11/2017 às 19h00
A- A+

O advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay, criticou, nesta quinta-feira (23), a delação premiada e disse que o dispositivo está sendo mal usado o Brasil. Kakay atua na defesa de réus da operação Lava Jato.

“O instituto da delação é um instituto importantíssimo que está sendo absolutamente mal usado pela Lava Jato. Em qualquer parte do mundo em qualquer texto honesto a espontaneidade é à base da operação. No Brasil prense a delatar. No País pressiona a família a delatar dizendo que senão seu filho vai ser preso, sua mulher vai ser presa”, alegou.

Kakay também acusou os procuradores do Ministério Público Federal de espetaculizarem as ações da operação, segundo ele, em alguns casos para promoção pessoal.

“Sai uma operação do Brasil, qual a primeira coisa que os procuradores fazem? Chamam a imprensa e fazem coletiva de duas horas esmiuçando a vida do cidadão que está sendo denunciado ainda fazendo um pré-julgamento, isso não é a toa não. Parte é vaidade para vender livro. É uma iniciativa de jogar o cidadão contra o judiciário e fazer um pré julgamento”, destacou.

Para Kakay, a Operação Lava Jato é importante, mas, segundo ele, está acontecendo vários excessos.

Roberto Targino – MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também