João Pessoa, 03 de outubro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
Eleições 2018

Victor Veggi fiscalizará campanha na PB

Comentários:
publicado em 03/10/2017 às 10h18
atualizado em 03/10/2017 às 07h42
A- A+

Tomou posse ontem, segunda-feira (02), em Brasília o novo procurador regional eleitoral, Victor Carvalho Veggi. O procurador é natural de Muriaé (MG) e formou-se em Direito pela Universidade Federal de Viçosa, em maio de 2002. Já esteve lotado na Procuradoria da República no Município de Sousa e na Procuradoria da República no Município de Campina Grande, ambas na Paraíba. O procurador foi empossado pela nova procuradora-geral, Raquel Dodge.

Veggi foi procurador-chefe do MPF/PB por dois mandatos consecutivos. Exerceu o cargo de secretário adjunto na Secretaria de Pesquisa e Análise (SPEA), no gabinete do PGR Rodrigo Janot.

Como  marcos durante os quatros anos da gestão de Victor Veggi na chefia do MPF na Paraíba. Internamente, o procurador da República normatizou, através de portarias, as rotinas de diversos setores do órgão, instituiu a realização de inspeção e inventários anuais no setor jurídico, ampliou as instalações físicas da Coordenadoria Jurídica da Procuradoria da República na Paraíba (PR/PB), implantou o Sistema Único (ferramenta de gestão processual do MPF) na Procuradoria Regional Eleitoral na Paraíba e estabeleceu o controle efetivo das ações civis públicas e ações penais em andamento em todo estado. Ele também inseriu a semana do servidor no calendário anual de atividades e expediu portarias de elogio pelo trabalho desenvolvido por servidores.

Na área de tecnologia da informação, reestruturou toda a infraestrutura da rede local da PR/PB e unidades municipais através da reformulação e certificação da rede de dados e voz, interligou os prédios da PR/PB com fibra ótica, implantou salas de equipamentos com controle de ambiente, cofre anti-chamas, rede de contingência e implantou novos equipamentos de redes e sistemas de gerenciamento. Também foi o responsável por implantar a automatização da distribuição de processos judiciais na PR/PB e por firmar convênio com a Justiça Federal da Paraíba para importação automática dos dados cadastrais no Sistema Único. A medida encontra-se em fase de testes e deverá ser utilizada pelos estados da 5ª Região.

No âmbito externo, inaugurou a sede própria da Procuradoria da República em Sousa (PB), instalou a Procuradoria da República em Patos, iniciou as instalações da Procuradoria da República em Monteiro, iniciou a construção do novo prédio do MPF em João Pessoa e acompanhou toda a construção do prédio próprio da Procuradoria da República em Campina Grande, previsto para ser entregue no início de 2014.

Igualmente, destacou-se pela constante participação no processo de construção do Planejamento Estratégico Institucional 2011-2020, acompanhando a implementação do projeto de modernização na unidade da Paraíba. Inclusive, realizou, em abril de 2012, a primeira consulta pública do MPF na Paraíba. Victor Veggi divulgou, ainda, balanços anuais sobre a atuação do órgão e, em 2012, lançou a Revista ‘Atuação MPF’, que contempla as atividades desenvolvidas no tocante à improbidade administrativa.

O procurador foi, também, o pioneiro na inclusão do MPF na luta contra o câncer de mama, quando, ainda em 2010, autorizou a iluminação da sede do Ministério Público Federal na cor rosa, dentro da campanha Outubro Rosa. Foi após o pioneirismo da Paraíba que várias outras unidades do órgão pelo país aderiram ao movimento.

MaisTV

Dia D: João defende vacina obrigatória contra a Covid-19

CAMPANHA DE VACINAÇÃO - 25/09/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas