João Pessoa, 26 de setembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
INVESTIGAÇÃO

Inquérito confirma sexo entre padre e suspeito

Comentários:
publicado em 26/09/2017 às 09h33
A- A+
(Foto: Roberto Soares)

De acordo com investigação da Polícia Civil, o padre Pedro Gomes da Silva manteve relações sexuais com um dos suspeitos antes do crime. A Polícia também concluiu que o padre foi vítima de latrocínio, roubo seguido de morte.

O inquérito, que foi finalizado na sexta-feira (22), aponta que o suspeito se aproveitou da intimidade que tinha com a vítima para roubá-la. De acordo com o delegado Diógenes Fernandes, o interesse dos jovens era de roubar R$ 10 mil do cofre da casa paroquial.

O delegado afirma que o adolescente, apreendido cinco dias depois do crime, foi usado como ‘isca’ pelo ex-coroinha para atrair o padre, que logo depois levou os dois para a casa paroquial para assistirem um jogo de futebol.

O ex-coroinha segue foragido.

Relembre

Padre Pedro foi assassinado com 29 facadas, no mês de agosto, na cozinha da sua residência na cidade de Borborema, no Brejo paraibano.

O corpo do ‘Padre Pedro’ foi encontrado enrolado em lençóis e a casa toda revirada, cenário aparentando que houve luta corporal entre o religioso e os suspeitos do crime.

O veículo da vítima não foi encontrado na residência, sendo localizado depois.

MaisPB

MaisTV

Paraibanos relatam prejuízos com a alta da inflação

alimentos caros - 16/10/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas