João Pessoa, 22 de outubro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
CONFUSÃO

Policial do AM briga, atira dentro boate do ES e deixa sete feridos

Comentários:
publicado em 04/01/2015 às 14h57

O policial civil do Amazonas, Cássio Muniz Crespo da Silva, de 44 anos, foi detido, após efetuar disparos de arma de fogo e deixar pelo menos sete feridos em uma boate de Guarapari, no Espírito Santo, na noite deste sábado (3), segundo a polícia. O detido e testemunhas estão sendo ouvidos pelo delegado. A assessoria de imprensa do Multiplace Mais informou que todos os feridos foram atendidos por uma equipe de plantão no estabelecimento.

Segundo uma das vítimas, que preferiu não se identificar, os disparos foram efetuados após uma briga no interior da boate. O rapaz disse ainda que o policial estava consumindo bebida alcoólica. O Multiplace Mais explicou que a confusão aconteceu no final da noite. O policial teria se desentendido com um cliente e atirado contra o chão.
Os estilhaços atingiram superficialmente algumas pessoas, que foram atendidas pela equipe médica e ambulância de plantão no estabelecimento. De acordo com a assessoria de imprensa do Multiplace Mais, após a confusão, alguns clientes foram liberados sem o pagamento do consumo realizado nas comandas.

O delegado João Henrique Rodrigues, que está de plantão na Delegacia Regional de Guarapari, informou que o policial civil estava sendo ouvido na manhã deste domingo (4). O delegado não soube precisar o número de vítimas, já que nem todas compareceram à delegacia. Porém, de acordo com testemunhas ouvidas, foram cerca de sete feridos.

Porte de armas

Segundo a lei, policiais possuem permissão para entrarem armados em qualquer estabelecimento. A lei garante aos policiais a prerrogativa de portarem arma de fogo 24 horas por dia, e os estabelecimentos comerciais não podem impedi-los de entrar armados em suas dependências.

No Multiplace Mais, assim como em outros estabelecimento de entretenimento, o policial foi obrigado a preencher um cadastro com informações que identificam a arma.

G1

Leia Também