João Pessoa, 02 de abril de 2015 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
denúncia

Prefeitura de Cabedelo é acusada de distribuir leite de coco vencido

Comentários:
publicado em 02/04/2015 às 12h25
atualizado em 02/04/2015 às 12h44

Os vereadores da cidade de Cabedelo estão denunciando que a Prefeitura da cidade teria distribuído, através da Secretaria de Ação e Inclusão Social  leite de com a validade vencida para os moradores. A entrega fora feita pelo prefeito, a primeira dama do município que é vereadora também, e pelo secretário da pasta.

O vereador Fernando Sobrinho (PROS) disse que, na tarde desta quarta-feira (01), foi procurado por moradores da comunidade Jardim Oceania, que receberam a doação e estranharam a data de fabricação e de validade do produto, que são bem parecidas causando desconforto para o seu consumo.

“O que alguns indagavam era se o produto distribuído pela Prefeitura está em condições de uso ou não”, disse o vereador.

Fernando Sobrinho disse que vai averiguar se há realmente algum problema com a impressão das datas de fabricação e de validade para se pronunciar a respeito.

“Vou levar algumas amostras para averiguação junto aos órgãos da Vigilância Sanitária e comparar com outros lotes do produto”, disse Fernando.

Segundo Fernando, a população deve entregar os frascos com Leite de Coco, supostamente vencidos, na sede do Ministério Público de Cabedelo visando apurar se ele está mesmo vencido.

“É preciso que seja investigado e apurado, primeiramente se está vencido mesmo, segundo as responsabilidades do recebimento e conferência”, afirma o vereador.

De acordo com o vereador Eudes, a prefeitura teria gasto R$ 12 mil na compra do produto que foi distribuído com peixe em Cabedelo.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também