João Pessoa, 07 de maio de 2021 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
homenagem

Centenário de Deusdedit Leião é celebrado hoje

Comentários:
publicado em 07/05/2021 às 11h44
atualizado em 07/05/2021 às 11h47
A- A+

Se estivesse vivo, o escritor e historiador Deusdedit de Vasconcelos Leitão faria cem anos nesta sexta-feira (07). Duas sessões, uma na Câmara de Vereadores de Cajazeiras em conjunto com a Academia Cajazeirense de Artes e Letras, às 13h, vão homenagear o sertanejo de vasta cultura. Será pelo aplicativo Zoom como plataforma para reunião. Sessão transmitida ao vivo pelos canais, Sertão da Paraíba, Youtube e Facebook e Rádio Alto Piranhas.

A outra sessão, será às 18h, numa iniciativa do Instituto Histórico e Geográfico da Paraíba, da Academia Paraíba de Letras, da Fundação Casa de José Américo e do Instituto Paraibano de Genealogia e Heráldica. Também pelo zoom

Deusdedit de Vasconcelos Leitão nasceu no dia 7 de maio de 1921, na cidade de Cajazeiras, filho do casal Eliziário Gomes Coelho e D.ª Maria Madalena de Vasconcelos Leitão.
Casou-se, em Patos, com Maria José César de Vasconcelos e dessa união são pais de Rui, Rita de Cássia, Maria de Fátima, Elza Helena, Nísia Magda, Eliziário, Wilson e Wilton.

Deusdedit foi um dos mais notáveis historiadores da Paraíba. Desde cedo demonstrou interesse na genealogia quando lançou seu primeiro trabalho escrito, a plaqueta “A Família Sá no município de Sousa”, em 1955.

Em 19 de novembro de 1967, foi fundador o Instituto Paraibano de Genealogia e Heráldica. Deusdedit foi membro do Instituto Histórico e Geográfico da Paraíba, membro do Conselho Estadual de Cultura e da Academia Paraibana de Letras, onde ocupou a cadeira 16, que tem como patrono Francisco Antônio Carneiro da Cunha.

Publicou várias obras: “História do Tribunal de Justiça da Paraiba” “Mossoró e o sertão paraibano”, “A família Sá no município de Souza”, “Presença da Paraíba na bibliografia de Coroliano de Medeiros”, “Brejo do Cruz”, “Santa Luzia – aspectos históricos”e “Inventário do tempo – Memórias”, entre outras. Morreu em março de 2010.

MaisPB

MaisTV

“Nordeste não é problema, é solução”, diz João Dória

AGENDA NA PARAÍBA - 23/10/2021

Opinião

Paraíba

Brasil

Fama

mais lidas