João Pessoa, 20 de setembro de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
MAISTV

Trabalhador encara fila para receber abonos

Comentários:
publicado em 20/09/2019 às 18h18
atualizado em 21/09/2019 às 08h13
Foto: Reprodução/ MaisTV

A Caixa Econômica Federal começou a pagar, nessa quinta-feira (19), o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) para os trabalhadores nascidos em setembro com direito ao benefício. O saque dos R$ 500 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), iniciado no último dia 13, contribuiu para as grandes filas nas agências da instituição.

A partir dessa quinta, tem direito a sacar o PIS o trabalhador nascido em setembro, cadastrado no PIS há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado com carteira assinada em 2018, por, no mínimo, 30 dias e com remuneração média de dois salários mínimos.

Além disso, é preciso que o patrão tenha informado corretamente os dados do trabalhador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2018, entregue ao governo federal.

Além dos trabalhadores nascidos em setembro, aqueles nascidos em julho e agosto que se enquadram nos requisitos também já podem realizar seu saque.

FGTS

A Caixa Econômica também iniciou, na sexta-feira (13), o pagamento de R$ 500 referentes ao FGTS. O cronograma é diferente: quem nasceu até junho pode obter o dinheiro ainda em 2019. Nascidos entre julho e dezembro terão direito a sacar o benefício entre janeiro e março de 2020, seguindo datas específicas (confira cronograma clicando aqui).

Edgleison Costa foi um dos trabalhadores que decidiu enfrentar a fila de uma agência para sacar o benefício do FGTS. Contente por poder quitar dívidas com a quantia, Edgleison se queixou de apenas uma coisa: o baixo valor disponibilizado para saque.

“Foi bom, para dar uma ajuda. Eu queria que fosse mais, não é? […] Mas ajuda bastante”, disse o trabalhador.

Caso o trabalhador opte por não sacar esse dinheiro, é preciso que ele indique à Caixa Econômica até abril de 2020. Para trabalhadores que têm conta na instituição, o valor de ambos os abonos entra diretamente no saldo em conta.

Pasep

Para servidores públicos, o pagamento do abono salarial é através do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), e feito pelo Banco do Brasil (BB). A partir dessa quinta-feira, têm direito a receber o abono servidores cadastrados com final de inscrição 2. Eles também devem conter os demais requisitos.

Confira o vídeo:

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também