João Pessoa, 23 de julho de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
operação xeque-mate

Defesa aguarda definição de cautelares

Comentários:
publicado em 23/07/2019 às 18h26
atualizado em 24/07/2019 às 09h23

O empresário Roberto Santiago deve deixar a prisão em breve e aguarda, juntamente com sua defesa, a definição das medidas cautelares que deve ser feita nesta quarta-feira (24) pela juíza Hygina Josita, que substitui o juiz Henrique Jácome.

“As medidas cautelares ainda não foram definidas. Uma vez fixadas, ele [Roberto Santiago] será liberado e intimado para cumpri-las”, informou ao Portal MaisPB o advogado do empresário, Pedro Pires.

A juíza Higyna Josita Simões de Almeida informou que vai decidir nesta quarta-feira (24) quais as medidas cautelares serão adotadas.

“O processo está concluso comigo e, amanhã, entrego, porque preciso de um prazo para decidir quais são as medidas cautelares necessárias e cabíveis no caso concreto”, justificou a juíza.

A prisão de Santiago foi revogada nesta terça-feira (23) pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, que determinou a fixação de medidas cautelares.

Roberto Santiago foi preso no dia 22 de março, durante a deflagração da terceira fase da operação ‘Xeque-Mate’. O empresário estava no Complexo Penitenciário, em Mangabeira. Ele é suspeito de integrar um esquema de corrupção em licitações no município de Cabedelo, juntamente com o ex-prefeito da cidade, Leto Viana, que está preso desde abril do ano passado na primeira fase da mesma operação.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também