João Pessoa, 14 de junho de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
alerta

Cartaxo determina plantão de secretários

Comentários:
publicado em 14/06/2019 às 14h44
atualizado em 14/06/2019 às 15h15

No balanço geral das chuvas, a Defesa Civil de João Pessoa registrou 352,8 milímetros em 30 horas, se constituindo no maior volume de precipitações ocorrido na Capital nos últimos anos. Em reunião na Defesa Civil, na manhã desta sexta-feira, o prefeito Luciano Cartaxo orientou os secretários a manterem o trabalho de atendimento à população e os serviços essenciais para evitar possíveis problemas causados pelas chuvas.

Durante o período de chuvas, uma equipe coordenada pelo próprio prefeito Luciano Cartaxo e integrada pela Defesa Civil e as secretarias de Infraestrutura (Seinfra), Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Desenvolvimento Social (Sedes), Meio Ambiente (Semam), Saúde, Emlur e Semob se manteve de plantão durante todo o período de chuvas para atender a população.

Apesar do excepcional volume de chuvas em poucas horas, a cidade de João Pessoa suportou muito bem a ocorrência pluviométrica. Apenas pouco mais de 30 famílias ficaram desalojadas momentaneamente, houve deslizamentos de barreiras na BR-230, na altura do bairro Castelo Branco, no Rangel e na Ilha o Bispo, e a queda de algumas árvores e de um muro de uma escola particular na Avenida Epitácio Pessoa.

As famílias desalojadas em virtude da elevação de volumes de rios e córregos na cidade foram todas assistidas pela Prefeitura de João Pessoa, com abrigos, alimentação e atendimentos médicos em escolas e associações comunitárias. A maior parte já deve retornar nesta sexta a suas residências.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também