João Pessoa, 04 de abril de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
Mais Médicos

Mais de mil profissionais abandonaram o programa

Comentários:
publicado em 04/04/2019 às 17h02
atualizado em 04/04/2019 às 17h04

O Ministério da Saúde divulgou que 1.052 profissionais desistiram do programa Mais Médicos nos primeiros três meses de 2019. O número corresponde a 15% das vagas que foram abertas com a saída de Cuba do programa, que aconteceu em novembro de 2018. Os dados foram disponibilizados nesta quinta-feira (4).

Em novembro do ano passado foi aberto um edital para ocupar as 8.517 vagas deixadas pelos cubanos. No total, 7.120 vagas foram preenchidas por brasileiros formados no Brasil. As demais foram oferecidas a médicos brasileiros formados no exterior, que tiveram o prazo de apresentação encerrado na última de semana de março. As vagas foram distribuídas por 2.824 municípios e 34 distritos indígenas.

Do total das 1.052 desistências, São Paulo foi o estado que registrou o maior número vagas reabertas, com 181. Houve casos de o tempo de permanência do médicos desistente ser de apenas uma semana. O Ministério da Saúde disse também que está em análise a possibilidade de um novo edital ser publicado oferecendo as novas vagas.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também