João Pessoa, 26 de março de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
ESTRATÉGIA

Oposição quebra quórum para evitar votação

Comentários:
publicado em 26/03/2019 às 14h21
atualizado em 26/03/2019 às 18h14

O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB), esclareceu nesta terça-feira (26), o motivo do adiantamento da votação da Medida Provisória (MP) 277. A medida prevê a fusão de órgãos como Empresa Estadual Pesquisa Agropecuária Paraíba (Emepa), Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária (Emepa) e Instituto de Terras e Planejamento Agrícola do Estado da Paraíba (Interpa).

A proposta é de autoria do Governo e propõe a criação da Empresa Paraibana de Pesquisa e Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer). Segundo o tucano, foi discutida a tentativa de inclusão de quatro emendas nessa MP, mas a bancada governista decidiu aprovar o projeto da forma enviada pelo poder executivo, trancando a pauta na Assembléia Legislativa da Paraíba (ALPB).

“Na audiência, a oposição entrou em discussão e os deputados saíram do plenário. A Medida Provisória não foi votada e nenhum outro projeto pode ser votado até que ela seja aprovada”, concluiu.

Assista:

Cynthia Silva e Albemar Santos – MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também