João Pessoa, 26 de março de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
FRENTE A FRENTE

Deusdete: “Cagepa liquidou empréstimos”

Comentários:
publicado em 26/03/2019 às 09h41

O secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente do Estado da Paraíba, Deusdete Queiroga, não descartou, na noite desta segunda-feira (25), a aquisição de um novo empréstimo pela Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba (Cagepa).

Em entrevista ao programa Frente a Frente, apresentado pelo jornalista Heron Cid, na TV Arapuan, o gestor afirmou que no próximo ano a empresa quita o empréstimo de R$ 150 milhões contraído entre 2013 e 2014 com a Caixa Econômica Federal. Os recursos foram utilizados na reestruturação financeira da empresa.

“A Cagepa tinha vários empréstimos com pequenos bancos pagando taxa de juros muito altas. Se alongou o perfil da dívida e trouxe uma redução das taxas de juros. A liquidação vai dar capacidade para que a empresas possa fazer novos empréstimos, ampliar sua capacidade de investimentos e melhorar a qualidade dos seus serviços à população”, destacou.

Antes da possibilidade de empréstimo da Cagepa, o governo deverá assinar, entre os meses de julho, e agosto um novo financiamento junto ao Banco Mundial equivalente a R$ 500 milhões. Grande parte desses recursos irão para obras de esgotamento sanitário em João Pessoa e na construção de uma adutora no Cariri paraibano, segundo ele.

Campina Grande 

Ainda durante a entrevista, o gestor comentou sobre o incêndio ocorrido em uma estação de tratamento que deixou Campina Grande e oitos cidades da região metropolitana sem água por uma semana.

Deusdete considerou que não há registros de fatos semelhantes no país onde os quatro transformadores queimam ao mesmo tempo em uma sub-estação elétrica. Ele  disse que um inquérito foi aberto para investigar o caso.

“Foi sem dúvida um acidente estranho e um inquérito está sendo aberto para apuração porque em toda história da Cagepa não nunca houve um acidente essa dimensão em uma subestação de energia. Se procurou notícia no país inteiro e nunca aconteceu acidente dessa forma porque esses sistemas elétricos têm sua proteção e manutenção em dia. A gente espera que tenha sido um acidente com nada intencional”, destacou.

Roberto Targino – MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir