João Pessoa, 22 de março de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
CASO GEO

Justiça adia depoimento de vítimas de estupro

Comentários:
publicado em 22/03/2019 às 17h07
atualizado em 23/03/2019 às 08h33
A- A+

Marcada para esta sexta-feira (22), a audiência das vítimas e testemunhas dos casos de estupro no Geo Tambaú foi interrompida e remarcada. A sessão ouviu testemunhas de acusação e remarcou o depoimento das vítimas e das testemunhas de defesa.

A justificativa do juiz, Luiz Eduardo Souto Cantalice, para o adiamento foi o avanço do horário. Iniciada no fim da manhã, a audiência atrasou por falta de energia e seguiu até o fim da tarde. Agora, as vítimas irão depor na próxima sexta-feira (29) e as testemunhas de defesa só vão ser ouvidas em 02 de abril.

Na sessão desta sexta, seis pessoas foram ouvidas. De acordo com o advogado de defesa de dois adolescentes, Aécio Farias, 16 pessoas irão testemunhar a favor dos adolescentes acusados.

A audiência onde as testemunhas foram ouvidas foi iniciada com portas fechadas, na manhã desta sexta-feira (22), na Vara da Infância de Juventude de João Pessoa. Até uma cortina vermelha foi colocada na porta de entrada e acesso da imprensa ao prédio não foi permitido.

Relembre

Três adolescentes foram apreendidos 12 de fevereiro acusados de estuprar crianças na unidade de ensino Geo Tambaú, no ano de 2018. O ex-zelador também foi preso por participar da violência. As vítimas são meninos de até 10 anos de idade.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também