João Pessoa, 26 de fevereiro de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
ENTREVISTA AO MAISPB

Com aprovação, Estado acelera empréstimo

Comentários:
publicado em 26/02/2019 às 18h39
atualizado em 27/02/2019 às 08h29

Assim que soube da aprovação no plenário do Senado do empréstimo de U$S 50 milhões para o projeto Cooperar, junto ao Banco Mundial, o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), ligou para o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), para agradecer a celeridade da tramitação da matéria.

Em entrevista ao Portal MaisPB, nesta terça-feira (26), o socialista adiantou que a equipe do Governo em Brasília vai dar acelerar a parte que lhe cabe no processo para formulação do convênio junto à Procuradoria da Fazenda e posterior encaminhamento da documentação ao Banco, possibilitando que o crédito seja liberado.

“Acabei de falar com o senador Davi, agradecendo a todo esforço do Senado. A partir de agora, vamos para esta etapa final, que é a assinatura do contrato de garantia com a Procuradoria da Fazenda. A partir daí, com esses documentos que espero assinar até esta sexta, vamos levar até ao Banco e assim assinar o contrato”, disse.

A expectativa, segundo Azevêdo, é que toda documentação do Governo do Estado, com a garantia do Governo Federal, seja entregue ao Banco logo após o Carnaval, até a sexta-feira (08).

Aprovação do empréstimo 

O plenário do Senado Federal aprovou, nesta terça-feira (26), o empréstimo de U$S 50 milhões para o Governo da Paraíba junto ao Banco Mundial, com garantia do Governo Federal.

Os US$ 50 milhões do empréstimo, mais US$ 30 milhões de contrapartida, serão investidos em ações que vão beneficiar mais de 117 mil famílias paraibanas que trabalham com a agricultura familiar, através do projeto Cooperar – “Programa Paraíba Rural Sustentável”.

Na semana passada, o governador João Azevêdo (PSB) se reuniu com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e solicitou celeridade na tramitação da autorização do empréstimo, que já se arrastava há quase dois anos.

Na sexta-feira (22), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) encaminhou ao Senado Federal o decreto onde autoriza o Estado a contratar o empréstimo com a garantia do Governo Federal.

Hoje, a Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou, por unanimidade, o parecer que autoriza a contratação do crédito.

Wallison Bezerra – MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também