João Pessoa, 11 de fevereiro de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
nesta quarta-feira

Circuito Paisà será apresentado na Capital

Comentários:
publicado em 11/02/2019 às 14h37
A- A+

Uma iniciativa cultural empreendedora está com tudo na Paraíba. Parte dela, o Circuito Paisà, será apresentado nesta quarta-feira (13), no Café da Usina Energisa, em João Pessoa. O evento terá lançamentos dos livros “História Colonial da Paraíba”, de Erik de Brito, e “Sara”, de Valdir Ribeiro. Três filmes serão exibidos, “Ulisses”, de Milson Roberto, “O bailar do sol”, de Cícero Alves, e “As imagens que tenho”, de Fernando Medeiros. O circuito encerra com pocket show de Toninho Borbo convidando Wister, Seu Pereira, Kennedy Costa, Tony Leon e Chico Limeira.

O Circuito parte da Casa Paisà em Campina Grande, que surgiu em 2018, primeiro com produções cinematográficas. Depois, a sede do coletivo, uma casa em estilo Art Dèco Sertanejo da década de 1950, começou a reunir escritores, músicos e cinegrafistas. Por último, a Casa abriu o bistrô, que funciona da quinta-feira ao domingo e acompanha as atividades. O circuito é a mostra itinerante da produção independente que a Casa apoia ou desenvolve.

Para Milson Roberto, a cidade de João Pessoa terá a oportunidade de ver uma mostra completa da produção já realizada em menos de um ano. “É um projeto cultural formado por profissionais das diversas áreas artísticas que produzem entre si e para outros colegas artistas. O Circuito levará à Capital música, literatura e cinema num tour cultural”, comentou.

O escritor Valdir Ribeiro lembrou que o projeto tem uma missão fixa e outra itinerante, justamente para agregar artistas e aumentar cada vez mais a mostra de produtos culturais. “O Circuito é desenvolvido para juntar as áreas e levar mais arte e cultura às populações, sem ninguém sair de sua localidade. É praticamente um delivery cultural. É uma iniciativa que pretende estar nos cenários nacional e internacional, futuramente”, descreveu.

Além desses dois integrantes, o projeto tem o músico Toninho Borbo, o escritor Erik de Brito, o diretor de Arte e Mídia, Cícero Alves e produtor Lúcio Flávio, que explicou como a Casa funciona. “Abrimos a semana com as Quartas Literárias, que tem um escritor ou acadêmico conversando com os membros da Casa e com os participantes. Temos mostras de música na quinta, sexta e sábado, com bandas, música eletrônica ou uma play list atual, brazuca e internacional. No domingo, apresentamos as produções locais e clássicos do cinema”, elencou.

Bistrô e biblioteca – A Casa Paisà possui ainda o bistrô e uma biblioteca com mais de 200 exemplares. O responsável pelo bistrô é o cinegrafista Diego Pontes. “Nós temos petiscos e pratos bem rápidos e saborosos. Ainda vendemos bebidas com e sem álcool, que saem muito nos shows”, disse. Os móveis rústicos da Casa e os livros, que podem ser lidos à tarde, no local, foram doações da participante do Instituto Histórico de Campina Grande, Ida Steinmüller.

Cronograma Circuito

21h – abertura com lançamento dos livros;

21h30 – exibição de filmes;

22h10 – shows.

Serviço

Evento: Circuito Paisà em João Pessoa

Data: Quarta-feira (13)

Local: Café da Usina Energisa – R. João Bernardo de Albuquerque, 243 – Tambiá, J. Pessoa-PB

Hora: A partir das 21h

Investimento: R$ 10, – vendas no local – Infos: https://www.instagram.com/artecasapaisa/

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também