João Pessoa, 29 de outubro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
arapuan verdade

Julian Lemos ressalta fidelidade a Bolsonaro

Comentários:
publicado em 29/10/2018 às 14h37
atualizado em 29/10/2018 às 16h43
A- A+

O deputado federal eleito e “braço direito” do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), Julian Lemos, comentou, nesta segunda-feira (29), a vitória do candidato do PSL a presidente da República, no último domingo (28). Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM, ele defendeu Bolsonaro das acusações que recebeu durante a campanha eleitoral e disse que foi um verdadeiro crime as “mentiras” pregadas contra ele pelos adversários.

“Eu sou especialista em Jair Bolsonaro. Cresceu unicamente com a verdade, nada mais do que com a verdade”, afirmou Lemos que afirmou ter pretensão de contar a trajetória de Bolsonaro em um filme e um livro.

Ele ressaltou em entrevista que investiu em Bolsonaro quando ele ainda era apenas um deputado caricato e chegou a dividir prato de comida com o presidente eleito. “Diziam que eu era louco quando comecei a andar com Bolsonaro, quando ninguém acreditava nele”. Julian ainda ressaltou que aguarda o presidente eleito para definir qual será sua missão e não descartou compor a gestão.

Ainda durante a entrevista, Julian Lemos afirmou que já conversou com três deputados: Edna Henrique (PSDB), Ruy Carneiro (PSDB) e Pedro Cunha Lima (PSDB). Todos prestaram apoio de forma discreta a Bolsonaro, mas, segundo Lemos, não houve nenhuma tratativa política.

“Conversarei com qualquer pessoa que não esteja unicamente pensando em manter um projeto pessoal e não de estado ou de país. Não iremos fazer nenhum tipo de acordo dos quais muitos estão acostumados fazer”, adiantou.

Durante a entrevista Lemos voltou a denunciar suposto uso da máquina do Estado para coagir eleitores de Bolsonaro na Paraíba. “Foi uma verdadeira agressão aos direitos das pessoas exercerem a democracia, uma perseguição aos servidores”, afirmou.

Eleição em Cabedelo

Julian Lemos anunciou que o PSL pretende disputar a eleição suplementar para a Prefeitura de Cabedelo, na Grande João Pessoa. Um dos nomes para a disputa local é o da suplente de deputada federal, Morgana.

“Tendo a votação que Jair Bolsonaro teve por duas vezes acho que é legítimo a gente colocar um nosso nome em Cabedelo”, afirmou.

Roberto Targino – MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também