João Pessoa, 29 de julho de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
Violência

Transporte público sofre série de ataques em Natal

Comentários:
publicado em 29/07/2016 às 19h25
atualizado em 30/07/2016 às 08h48
Foto: PM/Divulgação

O sistema de transporte público da região Metropolitana da capital potiguar vem sofrendo ataques a fogo nesta sexta-feira (29). Cinco ônibus em Natal, outro no bairro de Passagem de Areia, em Parnamirim, e mais um micro-ônibus na BR-304, em Macaíba, foram queimados ou parcialmente incendiados por criminosos, segundo informações confirmadas pelas forças de segurança do Rio Grande do Norte.

Em Natal, o primeiro caso aconteceu no bairro Bom Pastor, na Zona Oeste, perto do cemitério público da cidade. De acordo com os passageiros que estavam na linha 22, da empresa Guanabara, dois homens pediram parada e renderam o motorista e os passageiros. Na sequência, mandaram todos descerem e atearam fogo no banco do motorista.

O próprio motorista e alguns populares controlaram o foco de incêndio. De acordo com a PM, os suspeitos fugiram a pé.

Na sequência, por volta das 16h, outro ônibus da empresa Guanabara, que faz a linha Cidade da Esperança/Ribeira, foi o alvo de criminosos. Segundo os passageiros, um grupo de pelo menos dez homens abordaram o motorista que estava saindo com o veículo.

Eles quebraram vidros e atearam fogo com gasolina no banco do cobrador e dos passageiros. O teto foi parcialmente destruído. Depois, trancaram o motorista e outros funcionários numa sala do terminal.

Já no bairro das Quintas, um ônibus da linha 61-62 foi parado na avenida Dr. Mário Negócio, onde cinco homens armados jogaram uma garrafa com gasolina dentro do veículo e mandaram o motorista e passageiros saírem. Houve um princípio de incêndio, que acabou sendo contido pelos populares que usaram o extintor do ônibus. Parte da cadeira do motorista ficou queimada. Ninguém saiu ferido.

Na Zona Norte, o ônibus atacado estava no terminal do conjunto Soledade I. Já na Zona Leste, um ônibus foi incendiado no cruzamento da Av. Nacimento de Castro com a Rua dos Tororós.

‘O Estado não se intimidará com as ameaças’

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) emitiu um alerta nesta quinta-feira (28) logo após a circulação, em redes sociais, de áudios supostamente gravados por criminosos em resposta à instalação de bloqueadores de celular na Penitenciária Estadual de Parnamirim, na Grande Natal.

No documento, assinado pela Coordenadoria de Administração Penitenciária, está escrito: “Cumprimentando-os, inicialmente, sirvo-me do presente para determinar que todas as direções de unidades prisionais e grupos de apoios, tenham maior atenção às suas unidades e que compareçam às mesmas devido a possíveis motins ou rebeliões que possam acontecer neste final de semana em todo Estado. Diante o exposto, determinamos, também, que as equipes de Agentes Penitenciários deverão ficar de sobreaviso para possível acionamento” (SIC).

Nesta sexta, as secretarias de Justiça e Cidadania (Sejuc) e de Segurança e Defesa Social (Sesed)  emitiram uma nota na qual afirmam que todas as medidas para garantir a segurança da população serão adotadas e que “o Estado não se intimidará com as ameaças”.

G1

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também