João Pessoa, 22 de junho de 2016 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
SUBSTITUIÇÃO

Coca, Pepsi e Ambev não vão mais vender refrigerante em escolas

Comentários:
publicado em 22/06/2016 às 17h22
atualizado em 22/06/2016 às 17h30

A Coca-Cola, a Pepsi e a Ambev anunciaram nesta quarta-feira que não vão mais vender refrigerante a escolas no país. Segundo o acordo, a partir de agosto, as fabricantes entregarão apenas água mineral, sucos com 100% de fruta, bebidas lácteas e água de coco em estabelecimentos voltados a crianças de até 12 anos.

De acordo com o comunicado das companhias, o novo portfólio tem como referência diretrizes de associações internacionais de bebidas. “Novos produtos lançados pelas empresas poderão ser incluídos, no futuro, seguindo essas referências”, diz o comunicado.

Ainda de acordo com as empresas, “crianças abaixo de 12 anos não têm maturidade suficiente para tomar decisões de consumo”, pré-requisito para a escolha de uma alimentação mais balanceada. Coca, Pepsi e Ambev afirmam que estão trabalhando com a Associação Brasileira da Indústria de Refrigerantes e Bebidas Não Alcoólicas (Abir) para que a decisão seja acatada por outras representantes do setor.

Veja

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também