João Pessoa, 23 de Outubro de 2014

MaisPB no Twitter MaisPB no Orkut

Paraíba

João Pessoa, 30/09/2011 - 00h46

Luis Alberto Guedes

Brasil oficializa desprezo pela Paraíba. O que faremos?

Natural de João Pessoa, Luis Alberto Guedes é Bacharel em Jornalismo pela UFPB. Atualmente é acadêmico da faculdade de Direito é pós-graduado em Gestão Pública na Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo. Aluno Marista por nove anos, conheceu política no Pio X, onde foi eleito por três vezes presidente do Grêmio Estudantil. É conhecedor de Marketing e Consultoria política. Passou pelo Jornal A União e pelo Portal PB Agora. Atualmente é editor do MaisPB e apresentador do programa ´Tribuna do Povo´, dá Rádio Sanhauá.

 |   | 



Nesta quinta-feira (29) foi decretado oficialmente que a Paraíba não significa nada para a nação, senão uma porção de terra exprimida entre o emergente Rio Grande do Norte e o 'super poderoso' Pernambuco. Até esta data, 3,5 milhões de inocentes “cabeças-chatas” alimentavam a ilusória crença que em 2014 seríamos (ao menos) uma sub-sede do maior evento realizado no planeta.

Pela boca do Ministro do Esporte, a Paraíba caiu na real e percebeu que tudo não passou de uma tola fantasia que nós mesmos criamos. A realidade é que não representamos nada para o resto de um país que ansiosamente se prepara para receber a Copa. Não valemos nada nem mesmo para a ‘nossa’ presidente, que sequer tem a hombridade de fingir que dá a mínima para esses eternos ‘retirantes’: não veio aqui durante a campanha e já deixou claro que muito menos virá enquanto a força da democracia lhe garantir o poder.

Enquanto conselheiros continuam a soprar aos ouvidos da chefe do Executivo que evitar a visita a esses `mortos de fome’ só irá custar pouco mais de 2 milhões de votos, nossos representantes na Câmara e no Senado estão mais preocupados em encontrar a todo custo registros fotográficos de médicos (fardados) usando até serra-elétrica em cirurgias cinematográficas no Trauma de João Pessoa.

Se esses IRRESPONSÁVEIS tivessem o menor senso de compromisso com quem os permitiu ser seus representantes, esqueceriam as pútridas diferenças ‘político-pessoais’, se sentiriam ofendidos em seu íntimo regionalista, davam as mãos, chutavam a porta do gabinete presidencial e bradariam: “Ou vossa excelência aprende a respeitar o nosso Estado, ou nem mesmo licitação pra compra de copinho de café pro Palácio nós votaremos!”.

Onde está o espírito aguerrido dos paraibanos, tão difundido pelo Brasil como nossa maior característica? Onde está aquele sentimento quase ‘bairrista’ que nos fazia irmãos nos momentos de dor, quando éramos capazes de `riscar` o chão com a ponta de uma peixeira?

Hoje não passamos de um povo conformado com nossa inferioridade, capaz até de endeusar o que é de fora, enquanto repudiamos ferozmente as coisas de nossa terra. Na verdade o que somos é um povo condenado ao fracasso, quando continuamos representados por uma trupe de patetas, que fingem trabalho duro enquanto esperam o início do mês para abarrotar suas contas bancárias com salários que alcançam os distribuídos à realeza no período monárquico.

Francamente, hoje me senti envergonhado por ser paraibano, ante tanto desprezo institucionalizado. Senti-me como um ser sem valor, pronto para deixar sua terra para 'reforçar' as favelas do sudeste, enquanto corre na avenida paulista batendo carteira (é assim que eles nos enxergam). Prova disso é o crescente movimento skinhead, sob o lema: “Faça um favor ao Brasil: mate um nordestino!”

Ora, se somos um fardo para um país que quer crescer sem esse “encosto”, porque não nos dão logo nossa ‘carta de alforria’? Porque não oficializam o desprezo e nos deixam viver em paz sozinhos, com nossos próprios problemas? Bem, o Uruguai se desligou do resto Brasil e até hoje sobrevive...

Estou cansado de pedir esmolas ao longe, enquanto quem deveria gritar por mim se empanturra de riqueza e luxo. Estou cansado de construir esse país e em troca receber desprezo e repúdio. Somos capazes de sermos grandes sozinhos, ora gota serena!

 Na voz de uma paraibana, talvez a inspiração para um novo tempo

 


Enviar para um amigo...
Seu Nome
Seu E-mail
Nome do amigo
E-mail do amigo
Comentários
Nome
Email
Comentário

Caracteres restantes:
Espaço para interação entre os usuários e o MaisPB. É importante salientar que as opiniões expressas não representam a opinião do nosso portal nem de seus organizadores.

Não somos responsáveis pelo material divulgado pelos usuários.

30/jan às 21h09 - 

EDIVAN (tete_tzaohotmail.com):

» Parabéns !!! Se polítco fosse, o melhor não seria !!! Nas veias tuas, política corre !!! Se um dia não for tu morres !!! KKKKKKK abrço amigo Presidente

08/out às 22h50 - 

charriere (charrierepbhotmail.com):

» PARABÉNS PELO ARTIGO!!!! OS PARAIBANOS TEM QUE APRENDER A VOTAR E A COBRAR. SÓ ASSIM SAIREMOS DESSE ATRASO !!!

04/out às 10h07 - 

Oswaldo Pessoa (oswaldopessoahotmail.com):

» Otimo artigo. Exprime bem o sentimento que muitos de nós paraibanos neste momento.

02/out às 20h24 - 

Joao de Deus de Oliveira (joaoribeironphotmail.com):

» Concordo plenamente com o seu cometário. Veja o texto Somos Injustos e Desiguais. Na Coleção Linguagem em Movimento, Livro lançado pelo MEC de autoria de dois Professores de São Paulo, IZETE FRAGATA e CARLOS CORTEZ, volume 3 pagina 33, dedicado aos Professores da Educação Básica, Eles colocaram um LIXÃO de João Pessoa e a frase Tô Cum Fome, não tem nada de antologia, nem humor, é um erro que é um horror, e uma chacota com a Paraíba, chega de tanta hostilidade com o nosso Estado.

02/out às 18h52 - 

opinião do cientista dr. phoda (seriedadehotmail.com):

» O BRASIL NÃO OFICIALIZA NADA BABÃO! O QUE SE VER SÃO POLÍTICOS PICARETAS PENSANDO SÓ EM DEFENDER SEU UMBIGO. O O GOVERNO BAJULADOR DE DILMA? SERÁ QUE AINDA NÀO SE SABE DISSO EM BRASILIA? TUDO OQUE PERNAMBUCO DESEJAR RICARDO FEZ E FAZ! PRA QUE SERVE O DEPUTADO ESCROUTO? ESSE É O PIOR QUE TEMOS EM BRASILIA, ALÉM DE SER DO MESMO PARTIDO DA PRESIDENTA, SE DIZ PADRE, É UM ABOMINÁVEL. EM BRASILIA É UM ZERO A ESQUERDA. É A FAVOR DE TODOS OS ESCÂNDALOS E CORRUPÇÃO DO PT, ISSO SIM É UM IMUNDO, TUDO QUE CONHECE DA BÍBLIA SAGRADA E FAZ AO CONTRÁRIO! É ODIENTO, RANCOROSO, GANANCIOSO, E VAIDOSO PELO PODER. CARA FARISEU NOJENTO!

01/out às 17h07 - 

Leonardo Monteiro (Jahsuidhotmail.com):

» Ótima notícia, pelo menos nosso dinheiro não vai ser consumido nessa farra do boi chamada copa do mundo. Ainda torço fervorosamente que o Brasil não seja a sede pois passaremos vergonha diante do restante do mundo.

01/out às 12h53 - 

José Lucena (zzlucenahotmail.com):

» Só ganha carta de alforria quem luta pela sua alforria e não se respeita quem não se dar ao respeito. O erro é nosso. Assumamos nossa responsabilidade e não culpemos os outros pelos nossos próprios erros. Participar de uma Copa do Mundo requer anos e anos de trabalho, para tal o que fizemos? O que plantamos? Melhor é ficar de fora para que não nos envergonhemos mais. Aplausos para quem trabalha, para quem luta pelo que quer, para quem tem projetos. Lembrmo-nos da fábula da formiga e da cigarra.

01/out às 08h10 - 

Alexandre (xramalhohotmail.com):

» Nós não temos nem um governador de verdade! temos sim um fantoche do gov. de Pernambuco.

30/set às 19h50 - 

R.RAMOS (robsonrogerio81yahoo.com):

» o mago (ilusionista) nao disse q a pb iria evoluir em um ano dez anos, entao tamos na media da mediocridade. e olha q nao sou paraibano e olha q admiro muito seu povo.

30/set às 15h46 - 

Valfredo Marques (valfre_marhotmail.com):

» A paraíba deve se fazer presente no cenário nacional e não ficar na espera de caridades...O que o governo federal deve fazer é fomentar a economia do Estado, mas sem força política própria, não caminharemos.... Ademais, Esse cara parece Ariano Suassuna em defesa do Brasil, vamos tirar as viseiras e ampliar o olhar.

30/set às 12h34 - 

gian almeida (giandr.com):

» O PROBLEMA É NOSSO. NÓS QUE NOS COMPORTAMOS MAL, ADMIRANDO OS JARDINS DOS VIZINHOS E ESQUECENDO O LIXO NO QUINTAL. UM ESTADO SEM INTELECTUAIS, SEM ESCOLAS, SEM PROJETOS. SOU MÉDICO, TRABALHO NUM EXCELENTE ESTRUTURA PÚBLICA, MAS NÃO VEJO ESCOLAS NO MESMO NÍVEL. VEJO PROFESSORES DANDO A ALMA, MAS PARECE QUE TÊM DE VENDÊ-LA PARA SOBREVIVER. ENTÃO,A QUESTÃO É EDUCAÇÃO, ELA LIBERTA E FAZ CRESCER. E DEIXEMOS DA FALAR ASNEIRAS SOBRE ALFORRIA, APOLOGIA AO SEPARATISMO, NADA DISSO. SOMOS PARAIBANOS, MAS PRINCIPALMENTE BRASILEIROS. BASTA EDUCAÇÃO DE VERGONHA E EMPENHO DE TODA A SOCIEDADE, NÃO SÓ DOS POLÍTICOS.