João Pessoa, 16 de dezembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

Por que não aqui?

Comentários:
publicado em 25/04/2011 às 15h34

A recente missão da presidente brasileira Dilma Roussef na China rendeu um acordo que interessa diretamente à nossa Paraíba. A Foxconn, fabricante de componentes eletrônicos responsável pela montagem dos produtos da americana Apple, a exemplo dos badalados Iphone e o Ipad, promete se instalar no Brasil.

A companhia taiwanesa programa investimentos extraordinários que somam cerca de 12 bilhões de dólares. A empresa planeja construir uma cidade inteligente com capacidade de oferta de 100 mil empregos. Destes, 20 mil seriam destinados para engenheiros. Tudo isso para montar os equipamentos da Apple em território nacional.

E o que isso tem haver com a Paraíba? Tudo. A gigante asiática ainda não fechou com o Governo brasileiro um local determinado para sua instalação. Avisou que erguerá suas paredes e toda a estrutura no estado que oferecer a melhor e mais atrativa política de incentivos fiscais.

Ora, essa pode ser a nossa grande chance. Afinal, estamos bem próximos ao Atlântico, contamos com porto e aeroporto de fácil acesso, em região estratégica, e além de tudo concentramos respeitado pólo tecnológico, em Campina Grande e temos no campus de João Pessoa um centro de excelência nos estudos da imagem digital.

É hora de levantarmos nossa auto-estima e apresentarmos a nossa candidatura já. Essa possibilidade deve ser tema de primeira ordem na pauta do Governo e da bancada federal. Uma grande companhia internacional aqui seria o começo da nossa redenção.

Dízimo –
Novíssima rádio de João Pessoa é a menina dos olhos de poderosa igreja evangélica. Os pastores já ofereceram a bagatela de R$ 60 mil por mês pelo arrendamento da emissora.

Muda –
É compreensível a cautela na transição de postura do deputado Hervázio Bezerra (PSDB), que saiu do ninho para o girassol. Está trocando as penas pelas pétalas.

A cota do PSB na fatia dos cargos –
O governador Ricardo Coutinho acionou o comando nacional do PSB para emplacar indicações de socialistas paraibanos para a lista dos 30 cargos federais na Paraíba. A informação é do vereador pessoense Bira Pereira (PSB). Os demais partidos da base de Dilma, PMDB, PP, PR, PDT e PT, entregaram uma relação em separado.

Carta na manga? –
Raimundo Lira. Essa foi uma opção levantada pelo ágil e indomável jornalista campinense Marcos Marinho para a sucessão do prefeito Veneziano Vital do Rêgo. E tem muita lógica. Lira já foi senador e é hoje o primeiro suplente de Vitalzinho.

Para tirar o stress –
Vereador pessoense procura “aproveitar” cada minuto de sua boêmia vida. Nos finais de semana, pega luxuosa embarcação e desliza sobre o oceano. As tripulantes criteriosamente selecionadas lhe fazem esquecer a desgastante rotina parlamentar.

Ausência –
O prefeito Veneziano Vital garante que os índices sociais levantados pelo governador devem-se a ausência de ações do Governo na cidade. Só não disse desde quando…

No vermelho –
O saldo político de Marcondes Gadelha (PSC) na última eleição foi negativo. Perdeu com o filho para federal e agora vê a 1ª suplência de Santiago descer de água a baixo.

Desprendimento –
A vereadora Raíssa Lacerda fez cortesia ao colega de bancada Raoni Mendes ao admitir abdicar da presidência municipal do PSD para facilitar o ingresso do pedetista.

Quer o comando –
Até onde a coluna apurou, Raoni prefere se manter no PDT e já se articula para disputar o diretório pessoense. Terá que enfrentar o ex-prefeito Chico Franca no caminho.

Pé no chão –
O agitador político Vailson Oliveira cansou de aventura. Pensou direito e acha que tem chance de disputar mandato de vereador no município do Conde. Tá animadinho.

Déspota –
Por falar no Conde, quem escuta entrevista do prefeito Aluísio Régis (PMDB) fica com a impressão que ele já foi rei noutra encarnação. Fala como se fosse dono do pedaço.

Presente de Anísio –
Antes do recesso da Semana Santa, o deputado Anísio Maia (PT) presenteou colegas com um isopor contendo duas tilápias. Traíra cairia melhor para alguns presenteados.

Traíra –
Foi interessante ver o vereador Tavinho Santos (PTB), em entrevista ao portal MaisPB, criticando os escorregados traíras do açude de águas barrentas da política paraibana.

À forra –
Em Cajazeiras, aliados do deputado José Aldemir Meireles (DEM) ainda comemoram a rasteira do parlamentar em Lindolfo Pires, colega de partido e rival de longas rixas.

Patrimônio –
A tradicional Escola Técnica Redentorista de Campina Grande, formadora de mão qualificada, está prestes a fechar por falta de recursos. E quase ninguém fala no assunto.

PINGO QUENTE –
“O peixe traíra é muito gostoso”. Do vereador Tavinho Santos, sobre os traíras da política, categoria segundo a qual jura não integrar.

Leia Também