João Pessoa, 16 de dezembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
SEXTA-FEIRA

Parlamento decidirá sobre intervenção aérea do Reino Unido no Iraque

Comentários:
publicado em 25/09/2014 às 08h30

 O Parlamento britânico se reunirá na sexta-feira (26), em sessão extraordinária, para decidir se o Reino Unido deve ou não se envolver nos ataques aéreos contra as forças do Estado Islâmico no Iraque. A decisão foi tomada depois de um pedido formal de assistência feito pelo primeiro-ministro iraquiano, Haider Al Abadi, ao primeiro-ministro britânico, David Cameron, durante encontro em Nova York.

O líder da oposição no Parlamento, Ed Miliband, disse que seu partido (trabalhista) é favorável a bombardeios britânicos contra o Estado Islâmico no Iraque, mas que a ampliação da campanha para a Síria exigirá uma deliberação prévia do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU), pois não houve pedido formal de apoio por parte dos sírios.

No ano passado, o Partido Trabalhista recusou-se a apoiar o governo britânico em ação militar contra o regime de Bashar Al Assad na Síria, acusado de usar armas químicas.

Em entrevista à BBC no fim da tarde, David Cameron, que apoia os ataques aéreos, disse estar confiante de que terá o apoio de todos os partidos na sexta-feira. “O certo é que nosso país esteja unido neste momento. Vamos votar sobre a intervenção militar no Iraque e se houver alguma questão relacionada à Síria, ela será debatida e votada separadamente”, disse. O primeiro-ministro declarou que o Reino Unido não pode virar as costas para o que “precisa ser feito neste momento”.

Agência Brasil

Leia Também