João Pessoa, 12 de dezembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
EM JOÃO PESSOA

Ariano Suassuna será homenageado pela Academia Paraibana de Letras

Comentários:
publicado em 06/10/2014 às 11h19

O ilustre escritor e dramaturgo paraibano, Ariano Suassuna, receberá homenagem póstuma da Academia Paraibana de Letras (APL), próxima quinta-feira (9/10), às 19 horas, em sua sede (Av. Duque de Caxias, 25/37 – Centro).

A sessão solene constará de discursos dos acadêmicos Ângela Bezerra de Castro que versará sobre “Ariano, o dramaturgo”, e Elisabeth Figueiredo Agra Marinheiro, sobre “Ariano, o romancista”. Na ocasião, o professor Carlos Newton Júnior e João Urbano Suassuna, em nome da família, agradecerão as homenagens prestadas pela APL.

Ariano Suassuna, falecido no último dia 23 de julho, aos 87 anos, ocupou a Cadeira 35, tendo como patrono Raul Campelo Machado e fundador José Américo de Almeida. Tomou posse dia 09 de outubro de 2000, sendo recepcionado pelo acadêmico Joacil de Brito Pereira.

Durante a cerimônia, o presidente da Academia Paraibana de Letras, professor Damião Ramos Cavalcanti, declarará vaga a Cadeira 35 e publicará o Edital sobre as eventuais inscrições de candidaturas à vaga deixada por Ariano Suassuna.

Damião Cavalcanti disse que homenagear Ariano Suassuna significa, além dos méritos do homenageado, cumprir o objetivo da Academia Paraibana de Letras, que é o de rememorar os seus imortais.

PERFIL

Ariano Suassuna nasceu no Palácio da Redenção, na capital do Estado da Paraíba, dia 16 de junho de 1927. Filho de João Suassuna, governador do Estado à época, e Rita de Cássia Vilar Suassuna; fez o curso primário em Taperoá e depois seguiu para Recife, onde cursou o secundário e a Faculdade de Direito. Em 1957, casou-se com D. Zélia de Andrade Lima, da união nascendo seis filhos.

Detentor de um extenso currículo e premiações, Ariano Suassuna ocupou a Cadeira nº 32 da Academia Brasileira de Letras, eleito em 3 de agosto de 1989.

Assessoria

Leia Também