João Pessoa, 20 de outubro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
APOIO DO PMDB

“É o que nos resta, vamos escolher por exclusão”, diz Raniery sobre Cássio e RC

Comentários:
publicado em 07/10/2014 às 13h05

“É o que nos resta, vamos escolher por exclusão”, foi assim que reagiu o deputado estadual Raniery Paulino (PMDB) ao ser questionado, nesta terça-feira (07), sobre como se posicionará o PMDB no segundo turno das eleições para o Governo do Estado, apoiando o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ou governador Ricardo Coutinho (PSB), que disputa a reeleição.

“È o que nos resta, só temos isto. Estas duas opções e temos que escolher. Vamos escolher por exclusão, nenhum dos dois projetos que aí estão me representa. Com que a gente tiver mais divergências estaremos fora. As propostas do PMDB também devem ser ouvidas e incorporadas ao programa de governo. Tenho direito a voto no diretório e me posicionarei, mas primeiro vou ouvir meus aliados, minhas lideranças”, afirmou.

Raniery revelou que o diretório vai se reunir nos próximos e todos os integrantes serão ouvidos, no entanto, acrescentou que o partido não tem pressa para definir posicionamento. “Não temos pressa para tomar a decisão. Eles que tem para ir a nossa procurar, pois o PMDB é quem vai decidir as eleições”, declarou.

Raniery, que sempre defendeu a candidatura própria do partido, lamentou o fato do senador Vital Filho (PMDB) ter ficado fora do segundo turno das eleições, pois, segundo ele, “enquanto Cássio e Ricardo trocavam agressões, Vitalzinho apresentava propostas e queria discutir os problemas da Paraíba”. “Existiu a polarização e por conta disso o resultado não foi satisfatório para o PMDB”, completou.

Cristiano Texeira com Alexandre Freire- MaisPB

Leia Também