João Pessoa, 20 de outubro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
NO FORROK

Ao lado de Dilma, Cartaxo diz que PB e Brasil não podem retornar ao passado

Comentários:
publicado em 09/10/2014 às 09h46

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), convocou, nesta quarta-feira (8), as militâncias do PT e do PSB a irem às ruas em buscar dos votos necessários para reeleger a presidente Dilma Rousseff (PT) e o governador Ricardo Coutinho (PSB). “São 18 dias que valem por mais quatro anos”, falou o prefeito, durante ato realizado no Forrock para marcar a aliança entre PT e PSB para o segundo turno.

Ao lado de Luciano Cartaxo, no palanque, estavam entre outras lideranças a presidente Dilma e o governador Ricardo Coutinho. Discursaram também o senador eleito José Maranhão e o senador Vital do Rêgo Filho, ambos do PMDB. Lucélio Cartaxo, que concorreu ao Senado pelo PT e conquistou mais de 500 mil votos, também estava presente.

No seu discurso, Luciano Cartaxo ressaltou ainda que a Paraíba e o Brasil não podem retroceder ao passado, quando eram governados por gestores do PSDB. 

Já Dilma centrou o discurso nos comparativos do governo petista com o tucano, que antecedeu os quase 12 anos da atual gestão. Ela também criticou o discurso separatista entre o Sul e o Sudeste rico e o Norte e o Nordeste pobre, que, segundo ela, permeiam os argumentos dos defensores da candidatura do senador Aécio Neves (PSDB). “O Brasil sem o Nordeste não é o Brasil”, disse.

Dilma também aproveitou para dizer que a taxa de juros e o desemprego foram muito menores durante os anos de governo petista. O ato para marcar a aliança entre o PSB e o PT teve início por volta das 19h30 e se estendeu até as 22h. De João Pessoa, Dilma seguiu em direção à Bahia, acompanhado do atual governador daquele estado, Jacques Wagner, que também veio à Paraíba.

MaisPB com Assessoria

Leia Também