João Pessoa, 13 de dezembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
BASTIDORES

Trócoll: Vital queria Veneziano senador de Cássio

Comentários:
publicado em 09/10/2014 às 14h19

Ainda repercute nos bastidores da política paraibana a decisão do PMDB de apoiar a candidatura à reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB) no segundo turno das eleições estaduais da Paraíba. Nesta quinta-feira (09), o deputado Trocolli Junior (PMDB), que não aceita a decisão da cúpula partidária e votará no senador Cássio Cunha Lima (PSDB), fez revelações sobre os bastidores da legenda no período pré-eleitoral.

Segundo ele, o senador eleito e presidente estadual do PMDB, José Maranhão, o senador Vital Filho (candidato a governador derrotado) e o ex-prefeito e deputado federal eleito Veneziano Vital do Rego tinham planos para formar com Cássio uma frente contra o governador Ricardo Coutinho (PSB). Trocolli disse também que Vital queria que Veneziano fosse o candidato a senador da chapa de Cássio.

"Cássio não aceitou Veneziano como senador na chapa, o acordo não foi mantido e a frente não avançou", revelou.

Para o deputado, não houve um acerto de Vital, nem de Veneziano com Cássio ‘por conta das mágoas do primeiro turno’.

Trocolli também revelou que todos no PMDB sabiam de suas conversas com Cássio e justificou o apoio ao tucano afirmando que não poderia votar em Ricardo, por que fez oposição durante quatro anos ao Governo do Estado.

"Fizemos oposição por quatro anos e na campanha eleitoral todos nós, eu, Manoel Júnior. Maranhão foi chamado de velho, cenil, cacareco e agora estão todos juntos. Não participo desse tipo de aliança", desabafa.

MaisPB com Paraíba.com