João Pessoa, 20 de outubro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
NESTA SEXTA

Livro de Marcus Alves será lançado na cidade em Itabaiana nesta sexta-feira

Comentários:
publicado em 08/10/2014 às 15h50

"Só insensíveis não mudam/crescem como as árvores e os bichos". Este é um dos 54 poemas presentes no livro Arqueologia, do escritor Marcus Alves e que será lançado nesta sexta-feira (10), às 20h, na Câmara dos Vereadores da cidade de Itabaiana. Organizado pelo Ponto de Cultura Cantiga de Ninar, o evento com Marcus Alves será, na verdade, um sarau literário-musical que contará também com a presença de três outros escritores como jornalista Dalmo Oliveira, Fábio Mozart e Damião Ramos Cavalcanti, presidente da Academia Paraibana de Letras (APL).

De acordo com Fábio Mozart, do Cantiga de Ninar e organizador do sarau será uma noite completa com música, artes e literatura e contará também com uma homenagem ao professor Damião Ramos, que receberá a comenda Zé da Luz, por seu trabalho em prol da cultura.

"Eu vou à Itabaiana com o sentimento de alguém que volta pra casa, afinal nasci na Maternidade da cidade e por ela mantenho todo um carinho especial. Alguns dos meus poemas têm referências simbólicas à Itabaiana, Pilar e toda a região na qual meus pais, avós e parentes viveram", disse Marcus Alves.

Ele se refere a poemas como "Engenho cinema", presente no livro O Eterno e o Provisório e que faz uma espécie de rememoração do cinema documentário realizado pelo cineasta Vladimir Carvalho. Escreve Marcus Alves: "país de são saruê/Itabaiana de fogo morto/José Lins acordado entre shoppings e boutiques/o sertão miragem…."

Já no poema "Go back", do livro Arqueologia, Marcus Alves, que foi secretário de Comunicação da Prefeitura de João Pessoa, escreve: "Estou querendo ir no Pilar/falar com as curvas do rio Paraíba/e com os fantasmas de Fogo Morto". A literatura moderna paraibana e brasileira é sempre uma referência nos poemas de Marcus Alves, que faz parte do grupo literário Sol das Letras, responsável pela organização de debates e saraus mensais na APL.


Assessoria 

Leia Também