João Pessoa, 20 de outubro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
PERIGO

Missionário com suspeita de Ebola é avaliado no Paraná

Comentários:
publicado em 09/10/2014 às 17h34

Um  religioso brasileiro recém-chegado da África foi examinado na cidade de Apucarana, no Paraná, após apresentar problemas de saúde. A preocupação com a propagação do vírus Ebola no continente africano fez com que os médicos avaliassem os sintomas do missionário com cautela. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado do Paraná, o homem – que possui histórico de viagem para Moçambique – foi atendido no Hospital da Providência com febre e mal estar.

Segundo a investigação, o paciente ficou no país por 12 dias só teve contato com a população local, que não enfrenta o surto do vírus. É definido como caso suspeito de ebola todo paciente que apresentar febre alta e sintomas de hemorragia em até 21 dias após retornar de um dos três países africanos que concentram o surto (Guiné, Libéria e Serra Leoa).

Segundo informações do hospital, o paciente foi avaliado e medicado a partir do protocolo indicado para o tratamento da gripe. Em seguida, ele apresentou melhora no quadro clínico e recebeu alta. O religioso é monitorado pelas equipes de saúde e realizará outros exames para concluir o diagnóstico.

De acordo com o governo paranaense, a "Secretaria Estadual da Saúde mantém vigilância permanente para identificar precocemente casos de ebola, malária e qualquer outro tipo de doença que porventura possa ser introduzida no Brasil a partir de portos, aeroportos e fronteiras".

Terra

Leia Também