João Pessoa, 18 de outubro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
VIOLÊNCIA

Americano mata a mãe com marteladas e faz sexo com o corpo

Comentários:
publicado em 09/10/2014 às 17h38

Um  jovem de 18 anos da cidade de Corpus Christi, no Texas, confessou ter matado a mãe com mais de 20 marteladas e depois ter feito sexo com o corpo. Segundo seu depoimento aos detetives, ele planejou o assassinato e que chegou a pensar em decapitar a própria irmã. As informações são do The Mirror e The Huffington Post.

Kevin Davis, 18 anos, foi condenado a 99 anos de prisão por ter matado Kimberly Davis, 50 anos, no dia 27 de março. Ele explicou à polícia que primeiro estrangulou a mãe com um fio de videogame e que depois deu mais de 20 marteladas contra seu corpo. Davis afirmou que perdeu a virgindade com “um corpo morto”.

Depois do assassinato, ele teria continuado no apartamento esperando a irmã chegar para também matá-la, mas que desistiu e fugiu do local com uma bicicleta. Segundo o depoimento do criminoso, ele teria fantasiado diversas vezes com a cena da decapitação da irmã. “Eu tiraria sua cabeça, vestiria o corpo com um vestido e faria sexo com ela”.

Kevin disse que cometeu o crime por não gostar da vida e das pessoas. Ele teria sorrido por diversas vezes durante o julgamento, mas defendeu que não tem problemas mentais, pois tem noção do que fez.

Terra 

Leia Também