João Pessoa, 27 de julho de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

Abertura cidadã

Comentários:
publicado em 11/09/2011 às 07h53
A- A+

Surpreendeu-me positivamente o relato enviado à coluna pelo cardiologista Lauro Wanderley Filho, cidadão pessoense e freqüentador permanente deste espaço, sobre um encontro casual com o secretário adjunto de Turismo, Walter Aguiar, que culminou com uma reunião de trabalho entre técnicos da PBtur.

Durante conversa informal, Lauro compartilhou com Walter sugestão para fomentar o turismo da terceira idade em João Pessoa. Sem protocolos e outras frescuras habituais da burocracia, o auxiliar do Governo convidou o médico para expor a idéia.

Em poucos minutos, a secretaria ouviu o esboço do que seria o “Venha Viver João Pessoa”. Pelo projeto, recém-aposentados fariam parte de um cadastro a ser contactado. A rede hoteleira ficaria responsável pela elaboração de pacotes de turismo específicos para a terceira idade, personalizados com o gosto e o perfil dos grupos.

Por exemplo, explica Lauro, os amantes do tênis seriam recepcionados já no aeroporto pela Federação que cuida do esporte. “Isso geraria uma empatia com a cidade, que já é bela, e cuja receptividade falaria a língua de cada ‘tribo’”, reforça o entusiasta Durante a confabulação, chegou-se cogitar as Olimpíadas da Terceira Idade.

Os construtores pessoenses tocariam edificações direcionadas ao turista da melhor idade, com projetos de acessibilidade e outros itens que contemplem quem porventura quiser desembarcar de uma vez na nossa Capital.

Ainda que nada disso saia do papel e que o contributo eventualmente não tenha empolgado especialistas do Governo, somente a disponibilidade de se abrir ao diálogo conta muito. Um novo futuro só se constrói com muitas mãos. E de ouvidos abertos.

Agrada –
Quem se depara com o prefeito Luciano Agra (PSB) em eventos sociais logo descobre no arquiteto uma figura simples e pouco afeito a pompas e circunstâncias.

Mixagem –
Aliás, talvez o grande trunfo de quem cuidará do marketing de Agra seja explorar o viés técnico de sua formação associado ao seu estilo de cidadão comum.

Munição socialista na Assembléia –
Os três deputados do PSB (Edmilson Soares, Léa Toscano e Adriano Galdino) recebem na próxima semana das mãos do presidente estadual do partido, Edvaldo Rosas, uma espécie de cartilha com dados e subsídios do Governo Ricardo Coutinho. O PSB quer municiar os seus parlamentares para o front dos debates na Assembléia.

Adesão à vista e a pista –
Prefeita do DEM que deu mais de 90% dos votos a Maranhão na eleição passada, no Interior, está em avançado estágio de conversas para trocar de legenda e virar pro esquema do governador Ricardo. Quando sair da moita, vai aderir no grosso.

Corporativismo e pressão –
A força do boicote de certas cooperativas no Trauma chegou ao ápice agora, mas não é exclusividade deste Governo. A coluna captou que no dia da eleição de 2010, o próprio diretor José Carlos Freitas deu plantão para não deixar o Hospital sem anestesista.

No páreo –
A secretaria de Planejamento de João Pessoa, Estelizabel Bezerra, é tida como nome certo na lista dos candidatos a vereadores do PSB em 2012.

Pé no bucho –
A ala do deputado Luiz Couto começa a engrossar o pescoço e já diz internamente que não aceita um vice de Agra indicado pelo PSDB ou DEM.

Preparativos –
O PDT realiza amanhã no centro de João Pessoa uma campanha de filiação para fortalecer a legenda com olhar na eleição municipal na Capital.

Coruja –
O secretário de Articulação Municipal, Manoel Ludgério, entrou na madrugada de sábado assinando despachos de convênios do Pacto Social.

Levedura –
Depois do insucesso da adesão do PTB e da incursão no mundo empresarial, o ex-suplente Diego Tavares deu um time no chopp da política.

Bolsa Família –
O senador Vital do Rêgo (PMDB) comemorou neste fim de semana os bons índices da freqüência escolar entre os beneficiários dos programas sociais.

Assiduidade –
Segundo o senador paraibano, 96% do público de seis a 15 anos acompanhado pelo MDS freqüentaram pelo menos 85% das aulas no bimestre.

Maturação –
Na ágora paraibana há quem diga que o sonho de graduados maranhistas é a candidatura à prefeita da ex-vice-governadora Lauremília Lucena (PSDB).

Salmo 121 –
No twitter, o vice Rômulo Gouveia (PSD) renovou sua fé. “Aqueles que confiam no Senhor são como os montes de Sião, não podem ser abalados”.

Roda viva –
O PMN jogou no arquivo as pesadas acusações do passado e lançou no presente nota de apoio aos projetos futuros de Veneziano para a eleição de 2012.

PINGO QUENTE – “E ela ainda veio gritar dizendo que estava certa. Ai é demais”. Do deputado Wilsinho Filho (PMDB) sobre uma motorista que bateu no seu carro, parado num posto de gasolina, e foi tomar satisfação com o parlamentar paraibano.

*Reprodução do Jornal Correio da Paraíba

Leia Também