João Pessoa, 24 de fevereiro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

Terceirização política

Comentários:
publicado em 07/10/2011 às 08h24

Na falta de uma bancada engajada e mais antenada com as oportunidades que batem a nossa porta, eis que surge um paraibano, eleito pelos cariocas, para nos alentar e oferecer o entusiasmo necessário e a crença de que nada está perdido. Ainda…

Foi preciso Lindberg Farias, atuante senador pelo PT do Rio, encaixar na sua agenda uma pauta que deveria ser livro de cabeceira da nossa bancada federal. Lindberg só pode ter se colocado no lugar dos conterrâneos, cansados de tanta mesquinhez, para arregaçar as mangas na luta pelas novas montadoras de carros devem chegar ao Brasil.

Assim como todo bom paraibano, o petista sonha com uma terra natal de mais oportunidades. Certamente até nossos deputados e senadores também compartilham dessa aspiração. Talvez lhes faltem o que sobra em Lindberg: a neutralidade para torcer que a Paraíba dê certo independente ou apesar de quem está ou busca retomar o poder.

O “cara pintada” pega o gancho do aumento do IPI para carros importados, que tende a atrair indústrias automobilísticas estrangeiras ao país. O boom deve aumentar a competitividade dos produtos brasileiros e abrir uma cadeia de empregos.

Quando levanta essa causa, Lindberg não diminui em nada nossos representantes. Só traz oxigênio externo para nos tirar da asfixiante cultura autofágica. O mote arguido pelo senador já é da Paraíba. Essa luta deve ser nossa. Por inteiro. Sem divisões. E se ainda assim nossa classe política não souber compreendê-la, quem sabe já não esteja na hora da gente até pensar numa nova modalidade de terceirização. Sem Medida Provisória.

Disponível
Ao programa Correio Debate (rádio), em entrevista exclusiva, Lindberg se disponibilizou a visitar a Paraíba para ajudar no trabalho de articulação.

Interlocução
O senador também admitiu que procurará os representantes paraibanos no Congresso para discutir o tema. “Precisa mobilização. Essa luta começou agora”.

Um debate do tamanho dos protagonistas
Se do Rio brilha um lampejo de esperança, no plenário da Assembléia a tônica segue na mesma escuridão. A maior “atração” da sessão de ontem foi um arranca-rabo entre os deputados Aníbal Marcolino (PSL) e Toinho do Sopão. Os dois trocaram insultos por conta da posição de cada um na votação da Medida Provisória do Trauma.

Independência azeda e liseu em questão
Toinho, que votou favorável à MP do Trauma, foi censurado por Aníbal. “Um dia ele diz que está no Governo e outro que é independente”. O gosto ruim de Marcolino aguçou os sentidos do temperado parlamentar. “Parece que Aníbal está liso”.

Novidade na ágora da Rainha
Deu na coluna de Heraldo Nóbrega (heraldtribuna.com.br). Cogita-se em Campina uma chapa encabeçada pela deputada Daniella Ribeiro (PP) com Guilherme Almeida (PSC) na vice. O analista cita a simbiose juventude, densidade e tradição política.

Pra anotar de novo
Mais um deputado do PMDB deve abandonar o barco de Maranhão até a próxima semana. Cansou de ouvir provocações e ameaças abertas ou veladas.

Politicamente…
Quem almoçou esta semana no Coelhos saiu com a certeza que o petista Antônio Barbosa realmente não tinha o perfil para assumir o Ibama da Paraíba.

…Incorreto
Arrodeado de vários “companheiros”, Barbosa, que perdeu o cargo para Rodrigo Elói, devorou em poucos segundos apetitosas e bem passadas arribaçãs.

Desmancha no ar
O ex-vereador Mestre Fuba já chegou apostando que o PT chegará rachado em 2012, como de praxe. Para Fuba, a tese de unidade é igual à fuba ao vento.

Mergulho
O deputado Trócolli Júnior (PSD) viaja na próxima semana a São Paulo, onde deve passar uma semana longe dos moídos e confusões da política.

Sinais
O PMDB realizou nova reunião ontem sob o comando de Maranhão, Benjamim e Toinho Souza. Gervásio Filho e Manoel Júnior não deram as caras.

Locomotiva
Maranhão disse ontem que não tira seu trem dos trilhos de 2012. Mesmo que o pesado comboio atropele o persistente deputado federal Manoel Júnior.

Noutro ninho
Léo Bezerra, filho do líder do Governo, Hervázio Bezerra (PSDB), já está com filiação partidária pronta pra disputar a vereança em 2012. Detalhe: no PDT.

Briga sindical
Abraham Lincoln, da Confederação Nacional, está cumprindo as ameaças contra os integrantes do movimento da Pesca que trocaram a Força pela UGT.

Página virada
Novo dirigente do Lyceu Paraibano, o professor Bartolomeu de Pontes quer imprimir uma gestão de diálogo e harmonia na tradicional unidade de ensino.

PINGO QUENTE“Aqui tem dinheiro do FPM sobrando”. Do prefeito de Areial, Adelson Benjamin, único prefeito a admitir cofre cheio, mas para justificar a gastança municipal de R$ 350 mil com Zezé de Camargo e Luciano.

*Reprodução do Jornal Correio da Paraíba

Leia Também