João Pessoa, 20 de outubro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
CINEMA E MÚSICA

Festival Móbile divulga filmes selecionados para duas mostras

Comentários:
publicado em 23/10/2014 às 08h56

Saiu a lista de filmes selecionados para a edição deste ano do Festival Móbile. São 12 filmes para a Mostra Paraibando e mais 10 para a Mostra Verde-Maduro. O evento começa no próximo dia 31 e termina dia 2 de novembro.

A edição deste ano do Festival Móbile será realizada na Usina Cultura Energisa e no Conventinho, espaço cultural mantido pela Funjope, por trás da Igreja de São Pedro Gonçalves, no Centro Histórico de João Pessoa.

As mostras audiovisuais acontecerão na Usina. Abaixo, veja os filmes selecionados em cada uma das mostras:

SELECIONADOS MOSTRA PARAIBANDO

– A queima [Documentário, 13’, 2013, dir. Diego Benevides]
– Platô! [Documentário, 18’, 2012, dir. Kleyton Canuto]
– Ilha [Ficção, 14’, 2014, dir. Ismael Moura]
– Capela [Documentário, 12’, 2014, dir. Ramon Batista]
– Inominável [Ficção, 11’55’’, 2014, dir. Felipe Lavorato]
– Leprosário [Documentário, 11’, 2012, dir. Luís Barbosa]
– Não tão longe [Ficção, 13’32’’, 2014, dir. Ian Abé]
– O lendário escritor de frases de biscoito da sorte [Ficção, 19’50’’,
2014, dir. Marcelo Quixaba]
– Malha [Documentário, 14’17’’, 2013, dir. Paulo Roberto]
– Sobre Cabelos [Ficção, 15’46’’, 2013, dir. Lincoln Ferdinand]
– Contínuo [Ficção, 16’, 2014, dir. Odécio Antônio]
-O santo das águas que queimam [Documentário, 15’, 2014, dir. Riccardo Migliore]

SELECIONADOS MOSTRA VERDE-MADURO

– Lula Barreto [Documentário, 3’, 2012, dir. Marcelo Quixaba];
– Os publicitários também choram [Animação, 5’, 2013, dir. Yendys Sydney];
– Blecaute [Ficção, 3’, 2014, dir.Jailson Batista, Rodrigo Quirino e Luiza Maia];
– Cloudy Sky [Experimental, 2’24’’, 2014, dir. Alex Antônio];
– O retrato [Ficção, 3’, 2014, dir. Andressa Hellen e Vinícius Tabajara];
– Platônico [Ficção, 1’, 2014, dir. Bruno Vinelli, Charliane Rodrigues,
Hélder Nóbrega, Mércyo Costa];
– Âmago [Ficção, 2’37’’, 2014, dir. Patrícia Melo];
– Dilacerado [Experimental, 2’42’’, 2014, dir. André Morais];
– Lapso [Ficção, 3’, 2014, dir. Kelven Pereira];
– Quimera [Ficção, 3′, 2014, dir. Andressa Hellen].

Ingressos já à venda

Os ingressos para o Festival Móbile já estão à venda nas lojas FurtaCor. Para os shows da sexta-feira e do sábado, os presos são R$ 20 e R$ 10. Já no domingo, R$ 30 e R$ 15.
Já foram confirmadas como atrações o pernambucano Otto, Seu Pereira & Coletivo 401, Meio Free, Licenciosa, ADZ, Os Gonzagas, Mira Maya, Macumbia e Dj Kylt.
Também farão shows Dusouto (RN), Romero (PE), Zé Cafofinho, Sonora Sambagroove, Escurinho e Luís Kiari (RJ).

sexta 31/10/2014 Romero (PE) 22:00:00
sexta 31/10/2014 Macumbia (PB) 23:00:00
sexta 31/10/2014 Sonora Sambagroove (PB) 00:00:00
sexta 31/10/2014 DuSouto (RN) 01:15:00

sábado 01/11/2014 Abrad´Os Zóio (PB) 21:00:00
sábado 01/11/2014 Caburé Carimbó Club (PB) 22:00:00
sábado 01/11/2014 Escurinho (PB) 23:00:00
sábado 01/11/2014 Ze Cafofinho (PE) 00:00:00
sábado 01/11/2014 Seu Pereira e Coletivo 401 (PB) 01:00:00

Domingo 02/11/2014 Dj Kylt (PB) 19:00:00
Domingo 02/11/2014 Licenciosa (PB) 20:00:00
Domingo 02/11/2014 Mira Maya (PB) 21:00:00
Domingo 02/11/2014 Otto (PE) 22:00:00

Ampliação

Este ano, o Festival Móbile, que será realizado de 31 deste mês a 2 de novembro, em João Pessoa, volta ampliado e com o tema: “Criatividade em Movimento!”. O festival distribuirá R$ 10 mil em premiações (em dinheiro, podendo ser – também – em equipamentos para produção audiovisual).

Haverá duas mostras: Paraibando (filmes produzidos por realizadores naturalizados paraibanos, filmes rodados na Paraíba com até 20 minutos de duração) e Verde Maduro (estudantes, novos realizadores da Paraíba).

Intercâmbios

O festival Móbile é um evento anual de Cinema e Música e tem como intuito movimentar o cenário cultural de João Pessoa, promovendo, para tanto ambas as vertentes artísticas da cidade, além de fazer intercâmbios culturais com estados vizinhos, a exemplo de Pernambuco e Rio Grande do Norte.

Nascido com a intenção de formar através do acesso à cultura, o Festival disponibilizou – ano passado – oficinas gratuitas na área de produção audiovisual, atuação cênica, produção independente e elaboração de projetos, mantendo uma perspectiva formativa através de ambientes criativos e colaborativos.

Ao todo mais de 5 mil pessoas passaram pelo evento do ano passado, em apenas duas noites, com uma avaliação bastante positiva pela proposta e oferta de serviços culturais desenvolvidos pelo Festival Móbile. Cabruêra e Seu Pereira e Coletivo 401 foram duas das atrações do festival realizado ano passado.

Assessoria

Leia Também