João Pessoa, 23 de junho de 2017 | --ºC / --ºC 03:26 - 2.5 | 09:41 - 0.1 | 15:56 - 2.5 | 21:58 - 0.2 Dólar 3,33 - Euro 3,73

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

Concretistas

Comentários:
publicado em 13/11/2011 às 10h12
A- A+

Conforme prometido, a Coluna publica carta do economista Andrés von Dessauer (vondessauer@uol.com.br). A palavra é toda dele daqui em diante. “A decisão final sobre impermeabilizar, de forma irreversível, a praia do Bessa, Área de Preservação Permanente-APP, não será alcançada por meio de piquetes e ‘achismos’, pois a questão há muito (2009) se encontra nas mãos da Justiça Federal da Paraíba, por reclamar análise séria, imparcial e fundamentada. Mesmo assim, para o cidadão que realmente se importa, vale o aviso de que, não se trata apenas de mais uma obra pública, materializada em uma singela “calçadinha”, mas sim, de construção de grande vulto, que implicará na supressão e modificação de 15.080,66 m² de orla.

Aliás, contrário senso, a aludida construção diminuirá o acesso do povo à praia, considerando que, ao invés de colocar os pés na areia por meio de quaisquer das 8 ruas transversais à Av. Argemiro (com aprox. 15 metros de largura), os banhistas e demais freqüentadores só terão a sua disposição 6 míseras escadarias (instaladas em litoral plano!), com aprox. 3,5 m de largura cada. Também não merece ouvidos à alegação de que a dita “calçadinha” incidirá, tão somente, sobre espaço já deteriorado, pois, como seria isso possível se, pelo menos 1/3 das áreas vizinhas àqueles lotes se encontram preservadas? Vê-se assim, que em benefício de alguns ‘ciclistas-privilegiados-de-fim-de-semana’ que, poderiam, perfeitamente, pedalar em ciclovia instalada na própria Argemiro, os ‘concretistas’ (PMJP/GRPU) insistem, em implementar obra altamente danosa, capaz de ultimar a desova das tartarugas marinhas naquele local”. Detonador.

Ducha
Para tristeza de Sales Dantas e João dos Santos, o deputado Caio Roberto descartou aliança do PR pela reeleição do prefeito de João Pessoa, Luciano Agra (PSB).

Noutra
Segundo Caio, a tendência do partido do pai, Wellington Roberto, na Capital, é de coligação com o PSDB de Cícero Lucena ou com o PMDB de Maranhão.

Fim de semana em solo cearense
Nem o doce da água do Festival do Coco, de Sousa, nem o sal da Festa da Carne de Sol, de Picuí. O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) se desculpou com os prefeitos Fábio Tyrone e Buba Germano por não poder comparecer aos eventos em virtude de compromisso agendado com o governador do Ceará, Cid Gomes.

Bastidores da tensão
Ao colunista, o prefeito Veneziano Vital confessou que não assistiu, via internet, nenhuma das sessões de julgamento dos processos de cassação no TRE. Por telefone, advogados passavam os informes. “Eu não gosto. Não me sinto bem, mas não deixo de trabalhar por conta disso”.

Baú da campanha
A eleição de 2010, vista durante quase todo o processo como certa pró-Maranhão, passou, mas ficaram impressões guardadas a sete chaves por influentes agentes. Veneziano, por exemplo, percebeu a tendência de virada quando Maranhão se ausentou do debate da afiliada da Rede Globo.

Ancorando
Dois deputados estaduais (PSD e PSDB) viajaram juntos este fim de semana para lazer e negócios. Na volta, vão trazer na bagagem novidades além mares…

Faltosos
Os dois vereadores do PMDB de João Pessoa, Fernando Milanez e Mangueira, não deram o ar da graça na coletiva do ex-senador Wilson Santiago.

Hobby
Nas horas vagas, o senador Cícero Lucena (PSDB) passa o tempo e se diverte preenchendo sudoku, jogo de números. Quer ativar o raciocínio.

Guinada
Prefeito de cidade da região metropolitana de João Pessoa, que não pode mais disputar reeleição, está em vias de sacramentar apoio a histórico adversário.

Parceria
Incra e a Secretaria da Agropecuária e da Pesca firmaram realizam vacinação contra a febre aftosa, de 16 a 22 deste mês, nos assentamentos da reforma agrária.

Presente
“Ninguém foi eleito pra faltar”. Reclamação do deputado Vituriano de Abreu (PSC) aos colegas gazeteiros. O cajazeirense garante que tem batido o ponto.

Mágoa
O vereador Fernando Carvalho (PT do B) não perdoa a falta de apoio de Veneziano na campanha para federal. Carvalho calculava 50 mil votos. Teve 23 mil.

Pragmático
Onde tiver dois aliados, independente de ser de primeira ou segunda hora, o governador Ricardo deve votar e apoiar quem se posicionar melhor nas pesquisas.

Anemia
Marcondes Gadelha jura que o PSC, de doutor Ítalo Kumamoto, Edir Mendonça e Neto Franca, terá candidato próprio. Competitividade é outro departamento…

Coleta seletiva
Superintendente da Emlur, Coriolano Coutinho tem estendido seus óculos de grau para eleições de prefeituras de outras cidades do entorno de João Pessoa.

PINGO QUENTE “A eleição em João Pessoa será um verdadeiro gamão”. Do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) admitindo o impasse entre jogar no time tucano com Cícero ou mexer no tabuleiro em prol da manutenção da aliança com o PSB.

*Reprodução do Jornal Correio da Paraíba
 

Leia Também