João Pessoa, 14 de dezembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

Apatia

Comentários:
publicado em 30/11/2011 às 08h36

Impressiona como a proporção da ferocidade da bancada da Oposição é a mesma da complacência da base governista na Assembléia Legislativa. Oposicionistas se revezam na tribuna descontruindo a gestão socialista e os aliados respondem com “cara de paisagem” como se os botes não ferissem o calcanhar deles.

A Oposição ataca pegando os motes da segurança, saúde e funcionalismo público. Deita e rola, sem reação à altura dos deputados governistas, à exceção de três ou quatro parlamentares que costumam isoladamente com mais freqüência produzir a defesa do governador.

Raramente, ouve-se no plenário deputado aliado fazendo menção ao arrojado programa de construção de estradas, os benefícios dos convênios assinados pelo Pacto Social, o ineditismo do Orçamento Democrático, os efeitos do Empreender Paraíba e o anunciado cronograma de negociação com as categorias funcionais.

No vácuo da ausência do discurso ostensivo do pelotão ricardista, a Oposição domina a cena, em que pese sempre bater nas mesmas teclas e de vez em quando preferir radicalização a uma postura equilibrada e de resultados concretos.

Apesar de alguns excessos ou exageros na dosagem, pelo menos os oposicionistas estão fazendo o papel político. A base governista nem a se papel tem se prestando. Prefere se esconder e abafar os subsídios que poderiam servir para contestar o “caos” pregado. É um retrato sintomático de que a Casa Civil já não opera com o mesmo vapor de outrora.

Vá entender…
O vereador Mangueira (PMDB) saiu decepcionado da sessão de ontem na Câmara da Capital. Estudantes protestaram contra o projeto que prevê a gratuidade de carteiras estudantis.

Caixa preta
Os estudantes alegam que o valor repassado às entidades sustenta os movimentos da classe. “Mando ofício, mas e eles nunca prestam conta desse dinheiro”, estranha Mangueira.

Mais uma estrada
O governador Ricardo Coutinho assinou, ontem à tarde, a ordem de serviço para pavimentação da rodovia PB-082/094, na divisa da Paraíba e Pernambuco, no trecho das cidades de Natuba e Umbuzeiro, com 19,5 km. Serão investidos R$ 7,3 milhões do convênio do Estado com a Corporação Andina de Fomento.

Corpo mole
Não é só a base do PSB na Assembléia que vai mal das pernas. Na Câmara de João Pessoa, a batida do bumbo é a mesma. Apesar de ser maioria esmagadora, a bancada de Agra “cochilou” e deixou ser aprovado convocação do secretário Alexandre Urquiza no Caso da New Life.

Pocinhos de fé
“Eu fico muito a vontade para acreditar no sucesso do Governo. Eu tenho certeza que Ricardo vai melhorar essa Paraíba”. Crença do deputado Adriano Galdino (PSB), um dos integrantes do seleto grupo de parlamentares da base que levanta a voz na defesa da gestão socialista.

Metamorfose
Crítica ferrenha do Governo Veneziano nos tempos de vereadora, agora a deputada Daniella Ribeiro (PP) evita os ataques. Quem mudou? Ela ou a gestão venezianista em Campina?

Tom e Jerry
Sempre que pode e acha uma brecha, o deputado Aníbal Marcolino (PSL) aproveita para passar na cara do líder do Governo, Hervázio Bezerra, o passado de oposição ao governador Ricardo.

Roda gigante
“Hoje por mim, amanhã por ti”. Saída filosófica de Hervázio às provocações, lembrando que foi líder da Oposição quando Luciano Cartaxo (PT) era líder do Governo Ricardo na Capital.

Cegonha
A equipe do Governo sofrerá dois desfalques até o fim do ano. Lívia Karol, adjunta da Comunicação, e Ana Paula, do Orçamento Democrático, entram em licença-maternidade.

Olho no olho
A demorada reunião de anteontem entre o presidente da Câmara, Durval Ferreira (PP), e o prefeito Luciano Agra (PSB) se deu no Gabinete em Água Fria, mas o clima foi bem quente.

Avaliação
“Do ponto de vista administrativo, 2011 foi um ano perdido para o Governo da Paraíba”. Olhar do deputado Luciano Cartaxo (PT) sobre os primeiros 11 meses da gestão dos girassóis.

Ficam
Graduados assessores de Cássio Cunha Lima (PSDB) contrariaram a lógica da presumível transferência para Brasília e preferiram permanecer na retaguarda do tucano na Paraíba.

Declínio do futebol
“Faz 20 anos que estou na Assembléia e a Federação continua desse jeito. A culpa é de Rosilene?”. Interrogação do deputado Tião Gomes (PSL), em discurso na Assembléia.

Amuo
São freqüentes os sussurros de deputados da base insatisfeitos com o tratamento dispensado pelo Governo. Alguns esperam que a proximidade do Natal amoleça o coração de Ricardo.

Mistura
No plano estadual, DEM e PMDB andam em lados opostos, mas em Alhandra podem marchar juntos com a costura da chapa Gorete Mendes (DEM), prefeita, e Victor Braga (PMDB), vice.

PINGO QUENTE“O agronegócio é uma coisa do satanás”. Do deputado Frei Anastácio (PT) contra a contaminação do meio ambiente e uso indiscriminado de agrotóxicos nas plantações do Interior da Paraíba.

*Reprodução do Jornal Correio da Paraíba

Leia Também