João Pessoa, 23 de junho de 2017 | --ºC / --ºC 03:26 - 2.5 | 09:41 - 0.1 | 15:56 - 2.5 | 21:58 - 0.2 Dólar 3,33 - Euro 3,73

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

O embate que constrói

Comentários:
publicado em 09/12/2011 às 06h13
A- A+

O prezado leitor já deve ter captado o farto arcabouço de indícios que nos levam a uma disputa em João Pessoa permeada por violentos ataques e denúncias espadadas por ambos os lados com o objetivo de arrancar o sangue dos adversários.

O exército girassol fermenta as denúncias, ainda escudadas na tramitação judiciária, contra o então prefeito Cícero Lucena, provável candidato das oposições. Da outra parte, o cicerismo, através de seus porta-vozes, responde dinamitando supostos desvios de conduta da gestão de Luciano Agra na Capital.

É bem verdade que os “escândalos” sempre proliferam na véspera e durante o período eleitoral, apimentam os debates, alimentam marqueteiros, botam fogo no guia e até nos seduz a virar consumidor do espetáculo, bem ao estilo do pão e circo romano.

Mas essa não deve ser a regra. Pelo seu tamanho e importância, João Pessoa não se sentirá contemplada em virar apenas palco do baixo nível. O patamar de conscientização do pessoense exige um debate pragmático de políticas públicas.

Além do mais, a disputa tende ser polarizada entre Cícero, gestor por dois mandatos, e Agra, signatário da gestão atual próxima a fechar o ciclo de oito anos. Será uma boa oportunidade de comparação de conceitos, modelos de gestão e projeção do futuro. É nessa arena que os prefeitáveis devem duelar. Para o bem da platéia.

Otimismo
Ortodoxo cicerista, o ácido radialista Maurílio Batista prevê vitória de Cícero sobre Agra, na mesma proporção do passeio de Ricardo Coutinho sobre Ruy Carneiro em 2004.

Abandono
Por falar em Cícero, o presidente da Câmara de Cajazeiras, Marcos Barros (PSB), diz que o senador tucano, ocupado com o cofre da 1ª Secretaria, esqueceu o caminho do Sertão.

Sangue novo no TRE da Paraíba
Da lista tríplice encaminhada pelo TRE, o advogado Sylvio Porto Filho foi o escolhido pela presidente Dilma como o novo componente da corte eleitoral, na categoria jurista. Além da carreira consolidada, Sylvio carrega a tradição do pai, desembargador falecido Sylvio Porto. O irmão, desembargador Zeca Porto, vibrou com a nomeação.

Submissão às normas
“Recebi a notícia com alegria, satisfação e muita humildade. O meu caminho na corte será o da legalidade. Seguirei as normas eleitorais e a jurisprudência do Tribunal. Não vou fugir disso”, avisou Sylvio Filho, em contato com a Coluna. A posse deve acontecer já na próxima semana.

Pioneirismo paraibano
O presidente Ricardo Marcelo (PSDB) estufa o peito quando anuncia que a TV Assembléia será a primeira do gênero a operar em canal aberto no Brasil, a partir de março do próximo ano. “Vamos transmitir os grandes eventos do Estado: São João de Campina e Muriçocas”.

A última
Em conversa com a Coluna, Ricardo Marcelo admitiu que a sessão especial realizada pela oposição para ouvir o empresário Daniel Cosme feriu o Regimento. “Não vai mais acontecer”.

Viagem
Falecido ontem em Natal, vítima de câncer, o desembargador aposentado do TRT da Paraíba, Aluisio Rodrigues, não tirava da memória sua aventura de trailer pela Europa, que virou livro.

Bagagem
O líder da oposição na Câmara de João Pessoa, Fernando Milanez (PMDB), embarcou mais uma vez rumo à capital federal. E faz o maior segredo sobre o que levou na mala desta vez.

Quebrando…
Depois de 20 anos de sucessivas rejeições de contas no TCE, a cidade de Mamanguape, litoral norte, celebrou finalmente aprovação das contas de 2009 do prefeito Eduardo Brito (PR).

…Tabu
Ex-prefeitos se apressaram para entender o milagre que pôs fim ao vergonhoso recorde. Descobriram: o nome do santo e anjo da guarda dos cofres municipais foi o contador Neuzomar Silva.

Fragmentação
A pré-candidatura de Renato Leitão, diretor financeiro da Emlur, pode causar estremecimentos na base do prefeito Luciano Agra (PSB). A invasão de bases já começou.

Ungido
A ciumeira aumenta entre vereadores e pré-candidatos porque o neófito Renato se apresenta a cabos eleitorais como o candidato do superintendente Coriolano Coutinho.

Critérios
O deputado Benjamim Maranhão (PMDB) pediu ao Ministério do Trabalho averiguação da alardeada ‘reserva de mercado’ na seleção de trabalhadores da Fiat-Pernambuco.

Convalescendo
Depois do susto e de se submeter a um cateterismo, a ex-deputada Iraê Lucena, secretária da Diversidade Humana, se recupera bem no Hospital da Unimed em João Pessoa.

Revelação ou fritura?
A inconfidência do deputado Guilherme Almeida (PSC), antecipando que Tatiana Medeiros (PMDB) será a candidata de Veneziano, foi pra ajudar ou queimar a secretária?

PINGO QUENTE
“Sou muito otimista com a Paraíba. Não vai ter radicalismo”.
Do presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, analisando o quadro das alianças do ninho paraibano e provando que conhece bem mesmo a política… De Pernambuco.



*Reprodução do Jornal Correio da Paraíba

Leia Também