João Pessoa, 20 de janeiro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
PUBLICITÁRIA

Em campanha de TV, Astaj chama auxílio moradia para juízes de ‘imoralidade’

Comentários:
publicado em 04/11/2014 às 13h14

A Associação dos Técnicos, Auxiliares e Analistas do Judiciário Estadual (Astaj) irá lançar, nos próximos dias, campanha publicitária na TV Aberta contra o auxílio-moradia para juízes, no valor de R$ 4.377,73, aprovado pelo pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB).

No vídeo, a Astaj classifica o auxílio como ‘imoral’. Segundo a associação, o benefício vai custar, por ano, mais de R$ 10 milhões aos cofres públicos.

“O Tribunal de Justiça da Paraíba concedeu auxílio moradia de mais de quatro mil reais por mês a juízes e desembargadores. Receberão, inclusive, os possuem residência própria e quem paga esta imoralidade é você”, diz o vídeo da campanha da Astaj.

Para o presidente da Astaj, José Ivonaldo, “a aprovação do auxílio-moradia para juízes e desembargadores significa uma verdadeira afronta à dignidade e o sentimento republicano de milhões de paraibanos”.

MaisPB

Leia Também