João Pessoa, 05 de novembro de 2014 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
CRIME EM SOUSA

Polícia prende acusado de atirar em Madre em 1991

Comentários:
publicado em 05/11/2014 às 15h49

O sousense, identificado apenas por Júnior de Sinval, foi preso na manhã desta quarta-feira (05) na Cidade de Petrolina no Estado do Pernambuco. Ele é acusado de ter baleado a Madre Aurélia Grecy (foto), após durante assalto a escola Nossa Senhora Auxiliadora de Sousa, no ano de 1991.

Na época, Júnior de Sinval, que residia no Alto do Cruzeiro, estava acompanhado do compassa João Neto. Eles invadiram a escola, renderam duas Freiras e pediam dinheiro.

A Madre Aurélia começou a conversar com os assaltantes. Num instante, Júnior efetuou disparo, acertando a religiosa na região do tórax.

João Neto foi preso, cumpriu pena, mas morreu há cerca de seis anos em um acidente automobilístico.

Já Junior de Sinval estava desaparecido desde o crime. Como o processo continua em tramitação na Justiça de Sousa, ele foi preso graças a uma Investigação feita pela Polícia Civil. O Grupo Tático Especial montou esquema para prender o acusado, tendo um desfecho positivo na manhã de hoje.

MaisPB com Folha do Sertão

Leia Também