João Pessoa, 11 de novembro de 2014 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
CONFUSÃO

Conjunto habitacional é invadido por criminosos armados no Rio

Comentários:
publicado em 11/11/2014 às 08h23

Criminosos armados com fuzis comandaram no último domingo (9) uma invasão a um conjunto habitacional do programa "Minha Casa, Minha Vida", do Governo Federal, em Guadalupe, no Subúrbio do Rio. Como mostrou o Bom Dia Rio nesta terça-feira (11), cerca de 200 pessoas ocuparam os apartamentos.

A Polícia Civil disse que o caso foi registrado na 31º DP (Ricardo de Albuquerque) e que um inquérito foi instaurado.

A Construtora responsável pela obra admitiu que deveria fazer a segurança do local, mas que a situação foi um caso extremo, onde não foi possível conter a presença da criminalidade.

Imagens do Globocop por volta das 6h30 mostraram a movimentação de pessoas nos prédios e alguns grupos que pareciam estar acampados nas imediações do conjunto popular.

Segundo a Caixa Econômica Federal, banco que financiou o empreendimento, um registro de ocorrência foi feito na delegacia. O conjunto, com 11 edifícios de 5 andares cada, abrigaria cerca de 240 famílias inscritas no programa social do Governo Federal. A Polícia Militar informou nesta segunda-feira (10) que não foi acionada para o caso e que não tem conhecimento da situação.

Expulsão na Zona Oeste

Em abril deste ano, famílias beneficiadas pelo mesmo programa denunciaram ameaças e assassinatos comandados por milicianos em Campo Grande, Zona Oeste do Rio. As famílias teriam sido expulsas de residências em um condomínio na Estrada dos Caboclos. De acordo com as denúncias, os criminosos matavam com armas de fogo quem não obedecia à ordem de deixar a casa.

G1

Leia Também